PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Morre escritor e psicanalista Contardo Calligaris, aos 72 anos

Escritor lutava contra um câncer. Informação sobre sua morte foi confirmada pelo filho dele, Max Calligaris, nas redes sociais

Mirla Nobre
14:55 | 30/03/2021
Entrevista Páginas Azuis
Na foto: Contardo Calligaris, escritor e psicanalista
Foto: Fco Fontenele, em 17/09/2011 (Foto: FCO FONTENELE)
Entrevista Páginas Azuis Na foto: Contardo Calligaris, escritor e psicanalista Foto: Fco Fontenele, em 17/09/2011 (Foto: FCO FONTENELE)

O escritor e psicanalista Contardo Calligaris morreu nesta terça-feira, 30, aos 72 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein e fazia tratamento contra um câncer. A informação foi confirmada pelo filho dele, Max Calligaris, em publicação nas redes sociais nesta tarde. Calligaris era colunista do Jornal Folha de S. Paulo desde 1999. O escritor deixa o filho, Max, e a esposa, a atriz Mônica Torres, em que era casado desde 2011.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Max Calligaris (@mxcalligaris)

O escritor Contardo Luigi Calligaris nasceu em Milão, na Itália. Ele estudou na Suíça e na França, onde teve aulas com os filósofos Roland Barthes e Michel Foucault. Em 1975, tornou-se membro da Escola Freudiana de Paris e acompanhou seminários do psicanalista Jacques Lacan, que se tornaria uma de suas grandes referências.

Doutor em psicologia clínica, Calligaris morou em Paris até 1989, quando se radicou no Brasil. Sua relação com o país havia começado em 1986, quando ele veio para divulgar seu primeiro livro, "Hipótese Sobre o Fantasma". Apesar de, no meio tempo, ter lecionado nos Estados Unidos, o psicanalista construiu uma extensa carreira por aqui e publicou, inclusive, um livro de crônica e reflexões sobre sua vida em terras brasileiras: "Hello, Brasil". As informações são do portal UOL.