PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Franquia brasileira ganha a primeira na Superliga Americana de Rugby

20:43 | 30/03/2021

O Cobras, franquia que representa o Brasil na Superliga Americana de Rugby (SLAR), conquistou a primeira vitória na competição, que é disputada no Chile e no Uruguai. Nesta terça-feira (30), os brasileiros derrotaram os colombianos do Cafeteros Pro por 30 a 14 no Estádio Nacional, na capital chilena Santiago, pela quarta rodada do primeiro turno.

O triunfo manteve a franquia brasileira na quinta posição entre seis participantes, com cinco pontos - quatro da vitória sobre o Cafeteros e um da derrota para o Peñarol (Uruguai), pela equipe ter feito pelo menos quatro tries no jogo. O próximo duelo será domingo (4), às 16h30 (horário de Brasília), contra o Selknan (Chile), novamente no estádio Nacional de Santiago. O compromisso encerra a participação do Cobras no primeiro turno. O segundo, que será disputado no Uruguai, vai de 11 de abril a 1º de maio.

Lucas "Zé" Tranquez, André "Buda" Arruda e Franco Giudice assinalaram os três tries (jogadas em que o atleta cruza a linha final do campo com a bola e a coloca no chão, anotando cinco pontos) do Cobras. A franquia brasileira ainda pontuou com três conversões (chute entre as traves, com têm formato de H, que a equipe tem direito após o try, com valor de dois pontos): duas de Moisés Duque e uma de Josh Reeves. Os dois ainda converteram dois penais (um ponto cada) e o time também contou com um drop goal (quando o jogador deixa a bola tocar o chão e a chuta em seguida entre as traves) de Duque, que garantiu mais três pontos.

Após a derrota para o Peñarol, por 33 a 24, o Cobras foi superado pelo Olimpia Lions (Paraguai) por 44 a 8. A estreia na competição, à princípio, seria contra o Jaguares XV (Argentina) no último dia 16, mas o surto de casos do novo coronavírus (covid-19) que atingiu o elenco brasileiro antes da viagem para o Chile fez o jogo ser adiado. Como não foi possível remarcar o duelo, a franquia argentina foi declarada vencedora por 20 a 0, conforme prevê o regulamento do torneio em situações em que um dos times não atua por "problemas sanitários".

A Superliga é a principal entre clubes da América do Sul e faz parte da preparação dos jogadores que integram a seleção brasileira masculina de rugby e disputarão a Eliminatória para a Copa do Mundo da modalidade, na França, em 2023. A previsão é que o classificatório ocorra na sequência do SLAR, em junho.