Participamos do

Anderson Leonardo, vocalista do Molejo, é acusado por estupro

O crime teria acontecido em dezembro do ano passado em hotel na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Mc Maylon, de 21 anos, que denunciou o vocalista, considerava-o como um ídolo e o chamava de pai
23:58 | Fev. 03, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O vocalista do grupo de pagode Molejo, Anderson Leonardo, foi acusado por estupro nesta quarta-feira, 3, mas negou em nota. A denúncia foi feita pelo cantor e dançarino Maycon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos. As informações são do G1.

De acordo com Maycon, o crime teria acontecido em dezembro do ano passado, quando o vocalista teria o levado para um hotel na Zona Oeste do Rio contra sua vontade. O homem, que tem o rosto de Anderson Leonardo tatuado no braço, considerava o vocalista como um ídolo. “(Anderson) era um cara que eu chamava de pai, de padrinho", contou o cantor ao portal G1.

Ele disse que teria uma reunião com o vocalista, mas quando estavam no carro o destino seria trocado para o hotel por Anderson Leonardo, e lá as agressões aconteceram. “Quando entramos, ele começou a me agredir. Me deu tapa na cara. Durou uma hora e não sei quantos minutos. Eu nunca ia esperar isso dele. Quando ele penetrou em mim, senti muita dor", disse Maylon.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em nota enviada ao G1, Anderson Leonardo negou as acusações e disse que a “suposta vítima” compareceu a diversas apresentações do cantor em data posterior a denúncia apresentada. “O que demonstra, claramente, que a narrativa publicada nunca ocorreu”, enfatizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags