PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Rosane Santos pensa em Tóquio e projeta também aposentadoria

17:13 | 30/01/2021
RIO DE JANEIRO 05/08/2016 - LEVANTAMENTO DE PESO FEMININO - RIO CENTRO 2 -  Levantamento de peso na categoria feminina até 53 quilos nas Olimpíadas Rio 2016, no Rio de Janeiro. Na foto: Rosane dos Santos. Flávio Florido/Exemplus/COB (Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB)
RIO DE JANEIRO 05/08/2016 - LEVANTAMENTO DE PESO FEMININO - RIO CENTRO 2 - Levantamento de peso na categoria feminina até 53 quilos nas Olimpíadas Rio 2016, no Rio de Janeiro. Na foto: Rosane dos Santos. Flávio Florido/Exemplus/COB (Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB)

Dona do histórico quinto lugar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, na categoria até 53kg do halterofilismo, a carioca Rosane Santos, de 33 anos, está na reta final de preparação para o Open Adulto. Qualificatório para os Jogos de Tóquio, o evento vai ocorrer entre os dias 12 e 16 de março, em Cali, na Colômbia. "A classificação para Tóquio leva em conta o recorde mundial, que é 227kg, da chinesa Liao Qiuyun. Em 2019, ela fez 102kg no arranco e 125kg no arremesso. Minha meta principal é chegar nos 93kg no arranco e nos 110kg no arremesso. Acredito que com essa marca eu estarei entre as oito primeiras do ranking mundial e ficarei com a vaga", disse a atleta.

Outro torneio que vale para o índice será o Campeonato Pan-Americano Adulto, previsto para acontecer entre 18 e 25 de abril, em Santo Domingo, na República Dominicana. Outros torneios internacionais também estão marcados no calendário. Em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), que segue monitorada pela Federação Internacional da modalidade (IWF, sigla em inglês) e Confederação Brasileira de Levantamento de Peso (CBLP), as datas poderão sofrer modificações e, até mesmo, ocorrerem novos cancelamentos. 

Os meses do auge da pandemia da covid-19 foram de muita ansiedade para a atleta. Mas, no meio de tantas indefinições, ela buscou forças para seguir treinando e deu andamento também ao projeto de aposentadoria, a inauguração de um centro de treinamento da modalidade. O espaço deve ser inaugurado no final de fevereiro no bairro do Butantã, em São Paulo. “No meio do ano, tive crises de ansiedade. Me tratei e comecei a fazer cursos online na minha área (ela cursa o quinto período da faculdade de Fisioterapia, em São Paulo). Isso me ajudou bastante até voltar aos treinamentos. Em relação ao espaço do Butantã, por ser um local pequeno, quero começar com levantamento de peso. Depois, vou incluir outras modalidades. Quero oferecer aulas para jovens carentes da região”, comentou Rosane, que tem mais de 17 anos de dedicação ao levantamento de peso.

Jogos Olímpicos de Tóquio

O programa da Olimpíada prevê a classificação dos oito melhores do ranking. Além deles, outros cinco vagas serão destinadas aos melhores de cada continente que ainda não tenham garantido a classificação através de outros critérios. Serão 14 categorias em disputas, sete em cada naipe. De acordo com as alterações feitas recentemente pela IWF, as divisões de peso entre os homens são: 61kg, 67kg, 73kg, 81kg, 96kg, 109kg e acima de 109kg. As mulheres serão divididas entre as categorias 49kg, 55kg, 59kg, 64kg, 76kg, 87kg e acima de 87kg.