PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Paraguai e Chile goleiam e avançam na liderança das chaves A e B

19:49 | 10/12/2020
Paraguai e Chile goleiam e avançam na liderança das chaves A e B (Foto: )
Paraguai e Chile goleiam e avançam na liderança das chaves A e B (Foto: )

Foi do Paraguai a festa que abriu a rodada do Mundial de Futebol de Areia Raiz desta quinta-feira (10), na Arena Gladiadores da Bola, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. No clássico sul-americano contra o Uruguai, o time fez 6 a 2. Logo no início do jogo, o camisa 6, Acosta marcou um golaço de voleio com a perna direita e abriu o placar. Esse foi o sexto gol do jogador paraguaio, artilheiro do torneio ao lado do angolano William Soares. Logo na sequência, veio o primeiro gol olímpico da competição. Barreto, número 7 do Paraguai, cobrou o escanteio com muita categoria, a bola bateu na trave esquerda e morreu no fundo das redes. O terceiro gol saiu quando o artilheiro Acosta deu uma de garçom. O camisa 6 achou o Barreto livre e ele não perdeu a chance. Dando sequência no primeiro tempo arrasador do Paraguai, o atacante Gómez, com muito oportunismo, fez o quarto. No último lance da etapa inicial, o capitão Franco, cobrando um tiro livre, fez o quinto gol.

Muito atrás do placar, o Uruguai partiu para cima no segundo tempo. E conseguiu descontar com Moreira. O camisa 3 bateu rasteiro o tiro livre e descontou. Na metade final do segundo, Moreira cobrou outro tiro livre e fez o segundo dele. Faltando menos de quatro minutos para o final do jogo, Barreto, em um chutaço do meio da quadra, fez o sexto gol paraguaio. Com esse resultado, o Paraguai fechou a primeira fase na liderança do grupo A, com 12 pontos. O Uruguai, com 6 pontos, também passou de fase. Definição dos confrontos das quartas de final só ocorre no final da rodada.

No segundo jogo na Arena Gladiadores da Bola, Colômbia e Chile fizeram uma partida muito equilibrada até a metade do primeiro tempo, quando a arbitragem marcou um pênalti para os colombianos. Castro, camisa 6, bateu muito bem e abriu o placar. Só que, logo na sequência, o chileno Andrade mostrou muito habilidade para empatar o jogo. Já na reta final da primeira etapa, depois do choque do goleiro com um zagueiro da Colômbia, Comandari virou o jogo para o Chile. Faltando oito minutos, Castro marcou novamente e descontou para a Colômbia. 

A etapa final começou com uma falha coletiva do setor defensivo chileno que resultado em outro pênalti para a Colômbia. Infração batida com muita força pelo camisa 9, Diaz. Mas a igualdade durou muito pouco tempo no placar. Andrade, em tiro de livre, contou com a ajuda do montinho artilheiro para colocar o Chile novamente na frente. E, logo na sequência, Kromschroder fez o quarto. Faltando menos de oito minutos para acabar o jogo, Castro, camisa 6, marcou mais um e descontou para a Colômbia. Em busca do empate, eles acabaram cometendo um pênalti desnecessário faltando apenas dois minutos para o final. Andrade bateu muito bem e fez o terceiro dele e o quinto do Chile. No lance seguinte, Silva bateu de muito longe e contou com uma falha do goleiro colombiano para fazer o sexto gol chileno.   Com a vitória do Chile por 6 a 3, a seleção andina se garantiu na liderança do grupo B, com 12 pontos. Com apenas três pontos, a Colômbia ainda depende dos demais resultados da rodada para definir a classificação.