PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Vídeo registra arrastão a motoristas na Cracolândia, em São Paulo

Nos vídeos que circulam pelas redes sociais, um grupo de pessoas ataca carros que estavam parados em um congestionamento na região da Cracolândia, em São Paulo

Alan Magno
21:27 | 08/12/2020
Onda de ataque a carros e assaltos na Cracolândia, em São Paulo, teria começado após ação da prefeitura (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Onda de ataque a carros e assaltos na Cracolândia, em São Paulo, teria começado após ação da prefeitura (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Na tarde desta terça-feira, 8, a região de São Paulo (SP) conhecida como Cracolândia registrou uma série de ataques a pedestres e carros após uma ação feita pela prefeitura. A onda de violência ocorreu durante o período da tarde e chegou a ser gravada em vídeo por moradores que presenciaram o ocorrido. Alguns carros tiveram as janelas quebradas enquanto os motoristas tentavam fugir dos ataques e tentativas de assalto, e outros chegaram a ser invadidos pelo grupo de pessoas que avançava contra os veículos. 



Nos registros que circulam pelas redes sociais, um grupo de pessoas ataca com paus, pedras e até cadeiras  carros que estavam parados em um congestionamento na região, que fica no centro da capital paulista. Os ataques foram registrados nas avenidas Duque de Caxias e Rio Branco e também na Alameda Nothmann e na Rua Helvétia.

O tumulto teria começado após a remoção de pertences e barracas improvisadas que serviam de abrigo a dependentes químicos em situação de rua na região da Nova Luz. Segundo informações da Polícia Militar de São Paulo repassadas ao G1, os ataques foram iniciados por dependentes químicos que ofereceram resistência à ação da prefeitura.

LEIA TAMBÉM | Arthur do Val propõe transferir sede da Prefeitura de SP para a Cracolândia

A PM pontuou que foi acionada por volta das 15h30min para atuar na contenção do grupo e que foram utilizados métodos padrões de segurança, que já seriam estabelecidos pelo plano de contingência pré-existente para ações policiais na região.

LEIA MAIS | Fábio Assunção articula grupo para propor à gestão Doria novas ações na Cracolândia

Além dos policiais militares, a cavalaria e homens da Força Tática também foram acionados e conseguiram “restabelecer a ordem” no local, segundo informações divulgadas pela PM. Os soldados não reconheceram o uso de bombas em nenhum momento, ainda que tal afirmação seja contrária aos relatos de moradores da região. Não há informações sobre feridos e também não foi relatado confronto pela PM. 

LEIA MAIS | Mulher morre após levar tiro em conflito na cracolândia