PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

85% de maior refúgio de onças-pintadas no mundo foi destruído por incêndio

O local contém a maior concentração de onças-pintadas do mundo, espécie que além de sofrer ameaças de extinção, corre perigo por conta das queimadas, de acordo com análise do Instituto Centro Vida (ICV)

15:49 | 16/09/2020
Parque Estadual Encontro das Águas é conhecido pelo avistamento de onças (Foto: Mayke Toscano/Secom MT)
Parque Estadual Encontro das Águas é conhecido pelo avistamento de onças (Foto: Mayke Toscano/Secom MT)

O Parque Estadual Encontro das Águas, que fica na cidade de Poconé (MT), na região de Porto Jofre, teve 92 mil hectares destruídos pelo incêndio, o que corresponde a 85% da área total do parque (108 mil hectares). O local contém a maior concentração de onças-pintadas do mundo, espécie que além de sofrer ameaças de extinção, corre perigo por conta das queimadas, de acordo com análise do Instituto Centro Vida (ICV). As informações são do portal G1.

Turistas brasileiros e do exterior visitam o local para fazer a observação das onças-pintadas durante passeios de barco. O instituto divulgou o vídeo em que mostra as áreas afetadas pelos incêndios:

A quantidade de animais que morreram em consequência dos incêndios ainda não foi divulgada. O governo estadual decretou situação de emergência no Mato Grosso, que vale por 90 dias, e pode ser prorrogado. O incêndio, na semana passada, era combatido por moradores locais, funcionários de pousadas na região e bombeiros.

Na região, vários animais foram resgatados e medicados, mas muitos não resistiram aos ferimentos. Na última sexta-feira, 11, uma onça-pintada adulta foi resgatada na região de Porto Jofre, com ferimentos e sinais de queimaduras.