PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Maria Ribeiro e Caio Blat estão oficialmente divorciados após acordo milionário

Eles ficaram juntos, entre namoro e casamento, por 12 anos e tiveram um filho, Bento, 10

11:46 | 24/08/2020
O ex-casal Caio Blat e Maria Ribeiro estiveram juntos por 12 anos, entre namoro e casamento (Foto: Reprodução/TV Globo)
O ex-casal Caio Blat e Maria Ribeiro estiveram juntos por 12 anos, entre namoro e casamento (Foto: Reprodução/TV Globo)

Caio Blat, 40, e Maria Ribeiro, 44, estão oficialmente divorciados. Após três anos de negociações a respeito dos termos da separação, os atores chegaram a um acordo e assinaram os papeis. Eles ficaram juntos, entre namoro e casamento, de 2005 a 2017 e tiveram um filho, Bento, 10.

Segundo informações da revista Veja, Blat comprou a parte de Ribeiro na mansão que viviam no Itanhangá, na zona sul do Rio de Janeiro. Ele continuará vivendo no imóvel avaliado em R$ 6 milhões com a atual namorada Luisa Arraes, 27, com quem pretende oficializar a relação.

Em entrevista recente ao podcast "É Nóia Minha?", da escritora e roteirista Camila Fremder, Ribeiro falou que Blat e Arraes começaram a namorar quando o ator e ela ainda eram casados.

"A Luisa era minha fã, me mandava mensagem elogiando minhas colunas de jornal, aí o Caio foi fazer uma peça com ela. Mas tudo bem porque o casamento já estava totalmente c*, já estava na extensão da extensão. E ela era a última pessoa que eu imaginava", contou.

Ela ainda completou o assunto ao ser questionada sobre a aparente ótima relação com os dois ex-maridos. "Você compra isso? Meu amor, eu sou ótima atriz", disse. "Agora que eu tenho dois ex-maridos, quando quero falar mal de um, eu não defino, e aí ninguém sabe de quem estou falando", falou, brincando.

Antes de Caio Blat, a atriz havia sido casada por quatro anos com o ator Paulo Betti, 67, pai de seu primogênito, João, 17. Atualmente, Maria Ribeiro namora com o músico Davi Moraes, 47. Blat foi casado de 2001 a 2004 com a cantora lírica, Ana Ariel, 38, com quem teve Antônio, 17. Com informações do blog F5, da Folha de S. Paulo