PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Cometa Neowise já pode ser visto e fotografado no Ceará; confira as primeiras fotos brasileiras

Confira as primeiras fotos brasileiras e saiba como vê-lo no céu

Luana Façanha
21:58 | 21/07/2020
Cometa F3 Neowise registrado em Caucaia às 18h48min (Foto: Paulo Régis)
Cometa F3 Neowise registrado em Caucaia às 18h48min (Foto: Paulo Régis)

Desde domingo, brasileiros registraram as primeiras imagens do Cometa Neowise, que pode ser visto ao Norte do Brasil. Desde a primeira sexta-feira do mês (3), o cometa já era visível no Heminsfério Norte, por conta de uma explosão de brilho, sendo possível vê-lo a olho nu, o que deixou observadores de eventos astronômicos brasileiros já atentos para o fenômeno. O melhor momento para ver o cometa será nesta semana, de quarta à sexta, sendo uma oportunidade única para os interessados, pois o cometa fica visível na Terra somente a cada 6.000 anos.

As fotos foram tiradas por Paulo Régis e Heliomarzio, no último domingo, 19, na BR 020, a 60 km de Fortaleza (CE). As imagens foram algumas das primeiras brasileiras do cometa. “Ele aparece pequeno, pois ainda estava muito baixo no horizonte, porém, a medida que o tempo passa, ele vai subindo, e nessa semana está ótimo para ser visto” diz Paulo Régis, membro do Clube de Astronomia de Fortaleza.

Paulo também explica como é possível vê-lo. “Depois que o sol se pôr, por volta das 18h30min, a pessoa deve olhar para o Noroeste, na constelação da Ursa Maior. De Fortaleza, é um pouco difícil por conta da poluição luminosa. Para ver bem, a pessoa deveria se afastar cerca de 70 km de Fortaleza. Ele parecerá com umas 7 ou 8 luas cheias enfileiradas com uma visão será um pouco apagada, podendo ser visto por um binóculo. É possível tirar boas fotografias”. O membro do Clube de Astronomia afirma que é importante ter um horizonte livre, pois ele ainda está em uma região abaixo no céu, em um local que não tenha muitos prédios, terá uma altura de um palmo do horizonte. Ele afirma que será possível vê-lo com binóculos ou a olho nu até domingo, depois, somente por telescópio.

A gravidade ao redor do Sol puxa o Neowise e alguns cometas, que passam pelo planeta. Por ter uma órbita muito grande, o cometa Neowise só pode ser vista pelo planeta Terra a cada 6.000 anos. O Neowise foi descoberto em 27 de março de 2020, é um cometa retrógrado, e foi reconhecido como um objeto de 17ª magnitude.