PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Após críticas na web, GloboNews escala jornalistas negros para o "Em Pauta"

Canal fechado teve repercussão negativa ao colocar jornalistas brancos para falarem sobre racismo

10:40 | 04/06/2020
Após críticas, programa Em Pauta contou com seis jornalistas negros  (Foto: Reprodução/Twitter)
Após críticas, programa Em Pauta contou com seis jornalistas negros (Foto: Reprodução/Twitter)

Na noite da última terça-feira, 2, o programa Em Pauta, da GloboNews, cometeu uma gafe que logo foi percebida e comentada nas redes sociais: a presença de jornalistas brancos para falar sobre racismo, um assunto pertinente aos negros. As críticas parecem que foram ouvidas pelo canal por assinatura de notícias do Grupo Globo e, de modo a consertar o erro, escalou seis jornalistas negros para desenvolver o assunto.

Sobe o comando de Heraldo Pereira, a edição do Em Pauta na última quarta-feira, 3, escalou Maju Coutinho, Flavia Oliveira, Zileide Silva, Aline Midlej e Lilian Ribeiro para participarem do debate. Mas antes da conversa, o apresentador Marcelo Cosme leu um editorial do canal da Globosat sobre o assunto.

"Os jornalistas que dividiram comigo a cobertura ontem, todos experientes e de alto nível profissional, eram todos brancos. Eu estaria mentindo se dissesse que foi um acidente. A Globo tem a diversidade como valor e se orgulha dos profissionais negros que têm frente às câmeras e por trás delas. Profissionais de altíssimo nível, que comandam, alguns, a apresentação de telejornais na GloboNews e na TV Globo. E busca e continuará buscando ampliar essa diversidade. Mas, por razões históricas e estruturais de nossa sociedade também aqui na Globo, os colegas ainda não são tantos quanto desejável".

REPARAÇÃO E EMOÇÃO
O apresentador também aproveitou a ocasião para anunciar que Flavia Oliveira e Zileide Silva passarão a fazer parte da equipe de comentaristas do Em Pauta, gerando comentários positivos do público no Twitter devido à autocrítica feita pela emissora.

Ao final da edição, o apresentador Heraldo Pereira se emocionou com o depoimento da colega Lilian Ribeiro e ao se dirigir para o telespectador sobre o olhar que a sociedade precisa ter pelo negro no Brasil. Veja os trechos abaixo.

 

Via Rede Nordeste

TAGS