PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Auxílio emergencial: Caixa anuncia mudança no aplicativo Caixa Tem,

Será possível utilizar outros aplicativos e até mesmo bloquear a tela enquanto a ferramenta carrega a fila de espera

Lucas de Paula
17:41 | 07/05/2020
PEDRO Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal
PEDRO Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Em coletiva virtual da Caixa Econômica Federal nesta quinta-feira, 7, o presidente do banco, Pedro Guimarães, afirmou que agora os usuários do aplicativo Caixa Tem não precisarão mais aguardar na fila de espera com a tela aberta. Assim, é possível utilizar outros aplicativos e até mesmo bloquear a tela, o que não era permitido antes.

LEIA MAIS | Cerca de 12,4 milhões devem refazer cadastro no auxílio emergencial

Pedro Guimarães ainda falou sobre a data de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. Segundo ele, ainda é preciso que o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) valide a data para ela ser anunciada. “Qualquer dado que a gente antecipar a gente vai tá explicando o que é a nossa ideia, e eu só posso explicar após a validação”, afirmou.

LEIA MAIS | Começa pagamento de benefício emergencial para trabalhador que sofreu redução salarial

Ao todo 96 milhões solicitaram o auxílio pelo aplicativo Auxílio Emergencial. Desses, 56 milhões foram aprovados e 26 milhões negados. Os outros continuam em análise. Só nesta quinta-feira já são mais de 300 mil saques de brasileiros por meio da conta digital até as 14 horas.

Gráfico - Caixa
Gráfico - Caixa (Foto: Reprodução)

Ainda na coletiva foram divulgados os números de transações financeiras da poupança social. Mais de 19 milhões foram realizadas, sendo quase 8 milhões para outra conta da Caixa e 3,8 milhões para outros bancos por meio do DOC/TED. O restante das transações se dividem em pagamento de boletos, concessionárias e débito do cartão Elo.

Gráfico - Caixa
Gráfico - Caixa (Foto: Reprodução)