PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Foragido forja própria morte e manda foto via Whatsapp para enganar a Polícia

"Não sei se é tinta ou se é ketchup, sei que é bem grotesco", diz o delegado do caso.

11:36 | 13/06/2019
Everson Leonardo Nascimento de Lima tentou fingir a morte, mas foi descoberto e segue foragido
Everson Leonardo Nascimento de Lima tentou fingir a morte, mas foi descoberto e segue foragido(Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Enquanto procurava dois suspeitos de tráfico e homicídio, a Polícia Civil de Pernambuco recebeu uma imagem em que, aparentemente, um deles havia sido executado. Everson Leonardo Nascimento de Lima, 29, produziu uma foto amadora como se estivesse morto caído no chão com manchas de sangue. E deu um jeito de fazer a imagem chegar às autoridades.

De acordo com o portal G1, os policiais procuram Everson desde 5 de maio, quando o criminoso teria cometido um homicídio no município de Moreno, na Grande Recife. Os familiares dizem não saber a localização do suspeito e a Polícia obteve um mandado de prisão contra o suposto morto, mas até agora não conseguiram encontrá-lo.

Foi quando o delegado Fábio Lacerda, da 13ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), recebeu via Whatsapp a imagem da execução falsa do procurado. “Não sei se é tinta ou se é ketchup, sei que é bem grotesco, bem amador. Poderia ter feito uma simulação mais realista”, disse em entrevista ao G1. Segundo os investigadores, a ideia do homem era encerrar as diligências, mas a fraude foi desmascarada pela perícia.

Além de Everson, Elias José dos Santos Silva é procurado pela Polícia Civil suspeito de cometer os mesmos crimes de tráfico e homicídio. Apesar de ambos atuarem de modo semelhante e na mesma região, não há informações de que agiam juntos.

Redação O POVO Online