PUBLICIDADE
Brasil

Capitão do Bope leva tiro na nuca durante operação em favela do Rio

Policial militar foi levado às pressas para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, e está fora de perigo

11:27 | 04/05/2019
Policial do Bope foi socorrido e não corre risco de morrer, segundo informações médicas
Policial do Bope foi socorrido e não corre risco de morrer, segundo informações médicas(Foto: PM-RJ/DIVULGAÇÃO)

Um capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar (Bope) foi ferido no fim da noite de sexta-feira, 3, com um tiro na nuca durante uma operação na favela Curral das Éguas, em Magalhães Bastos, zona oeste do Rio de Janeiro.

O militar foi levado às pressas para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, e está fora de perigo. Segundo a Secretaria de Saúde, o policial militar passou por uma tomografia e seu estado de saúde não apresenta gravidade.

Segundo a assessoria da Polícia Militar, durante a ação criminosos armados realizaram disparos contra os policiais e houve confronto. Um policial foi ferido.

“Ao cessarem os disparos, em vasculhamento, três criminosos foram encontrados feridos. Com eles, as equipes apreenderam um fuzil calibre 7.62, uma submetralhadora 9 milímetros, um simulacro de fuzil, duas pistolas, uma granada, 80 pinos de cocaína, 197 pedras de crack, quatro carregadores e 92 munições”. A ocorrência foi encaminhada para a 35ª delegacia policial, em Campo Grande.

Agência Brasil