PUBLICIDADE
Brasil
CRIME CONTRA A MULHER

Corpo de estudante queimado pelo namorado foi enterrado nesta sexta-feira, 8, em São Paulo

Isabela Miranda de 19 anos, teria sofrido abuso sexual antes de ser assassinada pelo namorado

16:09 | 08/03/2019

A estudante Isabela Miranda de 19 anos, teve 80% do corpo queimado, e não resistiu aos ferimentos. (Foto: Reprodução TV Globo)
A estudante Isabela Miranda de 19 anos, teve 80% do corpo queimado, e não resistiu aos ferimentos. (Foto: Reprodução TV Globo) (Foto: (Foto: Reprodução TV Globo))

O corpo da estudante Isabela Miranda de Oliveira, de 19, anos, foi enterrado na manhã desta sexta-feira, 8, durante uma cerimônia realizada no Cemitério Municipal Orlando Mollo, em São Paulo.

A jovem morreu na última quinta-feira, 7, após ter sofrido agressões e ter tido 80% do corpo queimado pelo namorado, o estudante Willian Felipe de Oliveira Alves, de 21 anos.

O crime

O caso aconteceu durante o último domingo, 3, em uma casa no município Franco da Rocha, Região Metropolitana de São Paulo. O casal estava em um churrasco de Carnaval, quando Isabela passou mal e resolveu ir descansar em um dos quartos da residência. Na ocasião, pessoas relataram que o irmão de Willian foi até o quarto em que a cunhada estava dormindo e teria abusado sexualmente da jovem. Willian teria flagrado os dois e achou que o ato teria acontecido com o consentimento de Isabela.

De acordo com a Secretária de Segurança Pública de São Paulo (SSPSP), Willian teria espancado Isabela, em seguida ateado fogo em todo o cômodo em que ela estava. Isabela e o cunhado foram socorridos para o Hospital Estadual Francisco Morato. A perícia esteve no local onde o crime aconteceu e realizou a apreensão de duas facas.

A Justiça decretou a prisão de Willian, e o caso foi registrado na Delegacia de Franco da Rocha como lesão corporal e tentativa de homicídio qualificado. A família de Willian não autorizou que o hospital desse informações sobre o estado de saúde do irmão.

 

 

Redação O POVO Online