PUBLICIDADE
Notícias
Rio de Janeiro

Mãe do lutador Rayron Gracie é espancada durante 4 horas por homem que conheceu nas redes sociais

A vítima está internada em um hospital particular do Rio de Janeiro. O suspeito pela agressão foi preso em flagrante por feminicídio

09:51 | 19/02/2019
O lutador homenageou a mãe nas redes sociais. (Foto: reprodução/Instagram)
O lutador homenageou a mãe nas redes sociais. (Foto: reprodução/Instagram)

A empresária Elaine Perez, de 55 anos, mãe do lutador de jiu-jitsu Rayron Gracie, foi espancada por cerca de quatro horas em seu apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. As informações são do portal G1.

De acordo com a reportagem, o agressor é Vinícius Batista Serra, de 27 anos. A vítima o conheceu nas redes sociais e mantinha contato com ele há aproximadamente oito meses. Elaine relatou ao G1 que o suspeito foi a sua residência para um jantar e, depois, a convidou para dormir. Mais tarde, ela acordou sendo "esmurrada " no rosto.

A mulher está internada em um hospital particular do Rio de Janeiro. Ela passou por exames de tomografia, que constataram fraturas pelo rosto. O médico Hélio Primo disse à reportagem que Elaine teve fraturas no nariz, ossos da face, além de perder um dente. Ela deve ser transferida da unidade de terapia intensiva para o quarto, ainda na tarde desta segunda-feira, 18.

Segundo Rogério Caparroz, o irmão da empresária, o indivíduo teria apresentado identidade falsa ao entrar no prédio. Ele disse ao G1 ter conversado com o porteiro do edifício e foi informado que o agressor se identificou como Felipe.

Além disso, o irmão de Elaine relatou que os vizinhos acharam que o barulho na casa tratava-se de uma briga de casal. No entanto, a vítima começou a gritar muito e pedir ajuda. Foi quando o responsável pela ronda no prédio foi ao apartamento para saber o que estava acontecendo.

Conforme a reportagem G1, Vinícius Batista tentou fugir, mas foi barrado na portaria do edifício. Ele foi levado para delegacia e preso em flagrante por feminicídio. O homem alegou ter "surtado" após acordar. Ele havia bebido vinho antes de dormir.

Homenagem

O filho da vítima, Rayron Gracie, utilizou as redes sociais para homenagear a mãe. "Te amo", disse o lutador na publicação. Em pouco mais de 16 horas, a postagem já conta conta com cerca de 11 mil curtidas. Diversos internautas se solidarizaram com o ocorrido.

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Te amo mãe

Uma publicação compartilhada por Rayron Gracie (@rayrongracie) em

Quem também utilizou o Instagram para comentar o caso foi Kyra Gracie. "Um monstro!", disse a lutadora, acrescentando que “a pena para esse crime tão grotesco seja dura".

Redação O POVO Online