PUBLICIDADE
Notícias

Grupo detentor do "Chaves" critica paródia feita em programa de humor da Globo

No quadro, o humorista Marcelo Adnet, vestido de militar, interpreta um capitão que toma posse da vila

10:34 | 23/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]

 

O Grupo Chespirito, detentor dos direitos do programa mexicano Chaves, publicou nessa terça-feira, 22, uma nota em suas redes sociais contra a paródia de Chaves exibida semana passada no programa Tá no Ar, da Rede Globo.

No quadro, o humorista Marcelo Adnet, vestido de militar, interpreta um capitão que toma posse da vila, fazendo falas conhecidas do presidente Jair Bolsonaro.

Depois da veiculação do episódio e sua repercussão, o Grupo Chespirito diz que não aprova e nem compartilha opiniões e pensamentos apresentados na esquete exibida no programa. "Respeitamos as correntes de pensamento e a liberdade de expressão, no entanto não nos associamos a qualquer opinião e conceito geral e político expressado pelos atores caracterizados como os personagens do Chaves", ressaltou a nota.

[VIDEO1]

Segundo informações da Uol, a Globo já havia planejado o episódio antes da posse de Bolsonaro, mas recentemente fez algumas alterações, como a fala da ministra Damares Alves sobre as cores que as crianças deveriam vestir.  

TAGS