PUBLICIDADE
Notícias

Confira a trajetória do ator Caio Junqueira, que faria 33 anos de carreira em 2019

O ator dedicou a vida ao teatro, à teledramaturgia e ao cinema. O personagem mais famoso foi o "06" no filme "Tropa de Elite", em 2007

11:04 | 23/01/2019
NULL
NULL
[FOTO4]
O ator Caio Junqueira, que morreu nesta quarta-feira, 23, no Rio de Janeiro, iniciou a carreira quando ainda era criança. Aos nove anos de idade, viveu o primeiro papel no seriado humorístico "Armação Ilimitada", exibido na TV Globo entre os anos de 1985 e 1988.
 
Seguindo na veia do humor, em 1988 Caio fez uma pequena participação no seriado "Escolascho". Aos 12 anos fez a primeira atuação na teledramaturgia, na minissérie "Desejo" - contracenando com o ídolo, Tarcísio Meira, em 1990. Ainda no mesmo ano, o ator deu vida ao personagem "Tatau", na novela "Barriga de Aluguel".
 
[FOTO2]
 
Em 1994, Caio fez o seriado que era febre entre os jovens da época, "Confissões de Adolescente", junto com atrizes que eram apostas da TV, como Deborah Secco. No mesmo ano, o ator fez participações em "A Viagem", "A Vida Como Ela é", "Hilda Furacão", "Malhação","Chiquinha Gonzaga", e "Engraçadinha".
 
Em 1998, participou de programas policias como "Você Decide" e "Linha Direta". Nas atrações, interpretava vítimas de casos fictíciospara os telespectadores decidirem os fim da história. Nos anos 2000, Caio se dedicou inteiramente aos papéis nas tramas de novelas, Ao todo, foram 14 personagens. 
 
No cinema, o ator teve 12 participações entre curtas e longas. Em 1998, Caio participou do filme “Central do Brasil”, onde contracenou com a atriz Fernanda Montenegro (indicada ao Oscar de melhor atriz pelo mesmo filme). Em 2007  o ator deu uma pausa nas novelas e participou do filme "Tropa de Elite", dirigido por José Padilha, onde viveu o policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro (Bope) Neto Gouveia, o "06". 
 
[FOTO1]
 
No teatro, Junqueira atuou em duas montagens. Em 2005, esteve na peça "Os Justos", de Albert Campos. Em 2008, fez "Hamlet" de Shakespeare, dirigido por Aderbal Freire-Filho e ao lado do ator e amigo Wagner Moura. 
 
Em 2010, viveu o desajeitado detetive particular "Joca", na novela "Ribeirão do Tempo" exibida pela Record. Na mesma emissora, interpretou persongens em novelas bíblicas como "José do Egito", interpretando "Simeão", e na novela "Milagres de Jesus", em que foi Pedro Simão. Em 2015, Junqueira participou da primeira temporada da série "1 Contra Todos", e, na Netflix, participou de "O Mecanismo". A série dirigida por José Padilha aborda questões ligadas à política e foi inspirada na Operação Lava Jato. 
 
[SAIBAMAIS]
 

TAGS