PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Retrospectiva 2018: O POVO vence 21 prêmios de jornalismo

16:20 | 28/12/2018
NULL
NULL(Foto: )
O POVO venceu neste ano 21 prêmios de jornalismo. Foram reconhecimentos regionais, nacionais e internacionais pelo trabalho desenvolvido na apuração de reportagens. Após listar as grandes reportagens, O POVO mostra a lista de prêmios de 2018. Confira: 
 
26/10/2018 - Os jornalistas Ivonilo Praciano e Lêda Maria do O POVO foram homenageados com o Prêmio Magníficos do Nordeste, um reconhecimento articulado pela jornalista Zildetti Montiel.

26/10/2018 O POVO é vencedor do 6º Prêmio Abear de jornalismo. A repórter de Economia, Irna Cavalcante, venceu juntamente com o repórter fotográfico Mateus Dantas, a designer gráfica Sara Fael e o editor executivo de Economia, Raone Saraiva. O prêmio nacional foi concedido na categoria Competitividade com a reportagem “Turismo em Movimento”.

27/10/2018 - O POVO é vencedor do XXI Prêmio Automação, com a reportagem “A caminho do novo mercado de trabalho”, produzido pela repórter Irna Cavalcante,com edição do editor-executivo de Economia, Raone Saraiva. A premiação é da Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil).

[FOTO1] 13/11/2018 - O LAB 282, estúdio de branded content do Grupo de Comunicação O POVO, venceu o Prêmio Sinog 2018 na categoria Promoção da Saúde Bucal. A premiação é oferecida anualmente pelo Sindicato Nacional de Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog) como reconhecimento por trabalhos acadêmicos e jornalísticos que tratam da questão odontológica no país. O Especial Saúde Bucal foi produzido por Adailma Mendes e Paulo Emanuel Lopes.

17/11/2018 - O POVO conquistou dois bronzes no Prêmio Internacional ÑH, da Society for News Design, entidade que premia o melhor do design jornalístico de todo o mundo. A premiação foi na categoria capa. A primeira, que estampava a greve dos caminhoneiros, com foto do repórter fotográfico Fábio Lima. Uma reportagem foi publicada na edição do dia 25 de maio, trazendo desdobramentos da mobilização em nível nacional e local. O segundo prêmio refere-se à cobertura feita sobre a quadra chuvosa deste ano, que transformou o sertão cearense ao entregar o melhor aporte hídrico desde 2012. As fotos, assinadas pelo repórter fotográfico Júlio Caesar, revelavam a alegria que banha o semi-árido em anos de chuvas generosas.
[FOTO2]
22/11/2018 - A série de três cadernos Ciência & Saúde abordando o tema “Envelhecimento Ativo e Saúde Mental” (Caderno 1 | Caderno 2 | Caderno 3) conquistou o segundo lugar na categoria mídia impressa na 8ª edição do Prêmio Longevidade de Jornalismo Bradesco Seguros. A reportagem do O POVO, publicada entre novembro e dezembro de 2017, foi escrita pela repórter Domitila Andrade e editada pela jornalista Lucinthya Gomes. Em três domingos consecutivos, idosos e especialistas falaram de diversos temas, sem nenhum tabu: desde a depressão até a sexualidade na velhice. [FOTO3] 

24/11/2018 - A série de fotos “O fracasso das políticas sobre as drogas”, do repórter do O POVO Fábio Lima, venceu o 2º Prêmio Policiais Federais de Jornalismo, na categoria fotojornalismo.

29/11/2018 - O POVO é vencedor, na categoria Profissionais de Imprensa, do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2018, com a série “Dinheiro sob controle” (Matéria 1 | Matéria 2 | Matéria 3 | Matéria 4), assinada pela repórter Irna Cavalcante e editada por Raone Saraiva, da editoria de Economia. O projeto gráfico é de Sara Fael e a fotografia de Aurélio Alves e Gustavo Simão.

[FOTO4] 01/12/2018 - O POVO foi vencedor do Prêmio CDL de Comunicação 2018 em quatro das cinco categorias. Mateus Dantas venceu em Fotojornalismo, com foto da Coluna da Hora da Praça do Ferreira para o caderno “A Cara do Centro”; Camila de Almeida ganhou na categoria Cinegrafia, pelo LAB 282, estúdio de branded content do Grupo de Comunicação O POVO, com o projeto “Viver o Centro”; Lucas Braga, Rubens Rodrigues e Érico Firmo foram congratulados em Webjornalismo, com “Centro Vivo”; e na categoria Jornalismo Impresso venceu a equipe do caderno “A Cara do Centro”: Irna Cavalcante, Beatriz Cavalcante, Raone Saraiva, Bruna Damasceno, Lucas Braga, Aurélio Alves, Fábio Lima, Júlio Caesar, Mateus Dantas, Marina Mota, Sara Fael e Marcelo Justino.

[FOTO5] 06/12/2018 - O POVO venceu duas categorias do Prêmio Gandhi.  O repórter fotográfico Fábio Lima venceu na categoria Fotojornalismo com a foto “Ceará Pacífico”. O especial “A riqueza das favelas”, dos repórteres Rubens Rodrigues, Igor Cavalcante e Lucas Braga, venceu a categoria Produção de Conteúdo Online.

13/12/2018 – A série sobre Educação Inclusiva ficou em 2° lugar, e o caderno Acessibilidade, da série Ceará Cidadão, em 3°, no prêmio nacional de jornalismo Rui Bianchi. Os repórteres Romulo Costa e Wagner Mendes receberam a premiação. 

[FOTO6] 19/12/2018 - Quatro jornalistas do Grupo de Comunicação O POVO tiveram trabalhos reconhecidos pela 2ª edição do Prêmio de Jornalismo da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (Adpec). O tema desta edição do evento foi “Defensoras e defensores públicos pelo direito à documentação pessoal”. Angélica Feitosa foi a grande vencedora na categoria “webjornalismo”, com a matéria “Em ação do caminhão da Defensoria Pública foram realizados atendimentos no bairro Vila Velha”. A repórter também levou o terceiro lugar com a reportagem “Direito ao Nome”, publicada na versão impressa. Na modalidade tema livre, Thiago Paiva venceu com o especial “Território à Espera de Paz” (Matéria 1 | Matéria 2 | Matéria 3). Germana Pinheiro também levou o primeiro lugar com o especial “Violência Urbana”, da rádio O POVO CBN. A categoria “webjornalismo” teve Igor Cavalcante como vencedor com a reportagem “Estado do Ceará já foi condenado a pagar R$ 655 mil e sete pensões a familiares de detentos mortos”.

19/12/2018 - O estúdio de branded content do Grupo O POVO, o LAB 282, levou prêmio nacional com o especial Saúde Bucal, produção de Adailma Mendes e Paulo Emanuel Lopes. A reportagem premiada no IV Prêmio CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) de Jornalismo foi o vencedor na categoria Escrita, subcategoria online.

20/12/2018 - A matéria "Por que a Justiça cearense foi considerada a mais lenta do País", do repórter Lucas Braga foi premiada na categoria Webjornalismo no I Prêmio Associação Cearense de Magistrados (ACM). O POVO foi finalista na categoria Impresso, com a reportagem “Soluções para uma Justiça mais célere e eficiente”, do jornalista Rômulo Costa; e Rádio, com a série "Justiça em Tempo", também de Lucas Braga, para a rádio O POVO CBN.

TAGS