PUBLICIDADE
Brasil
São Paulo

Homem mata filha de 13 anos um dia após ter saído da cadeia acusado de estuprá-la

O caso aconteceu na madrugada dessa quarta-feira, 3. O agressor estava preso desde junho acusado de estuprar a filha e a cunhada

11:15 | 03/10/2018
Letícia Tanzi Lucas, de 13 anos, era estuprada pelo pai desde 2017, de acordo uma tia (Foto: reprodução/ Facebook)
Horácio Nazareno Lucas, 28 anos, está sendo procurado pela Polícia Civil suspeito de ter matado a filha de 13 anos a facadas na madrugada desta quarta-feira, 3. O homem estava preso por ter estuprado a menina e a cunhada dele e havia saído da cadeia um dia antes do crime, conforme as investigações. O caso aconteceu em São Roque, interior de São Paulo. As informações são do G1.

Policiais militares estavam indo atender uma denúncia de violência doméstica no bairro quando foram abordados por um menino de 6 anos pedindo socorro e falando que o pai dele tinha matado a irmã. Os PMs foram até a residência indicada pela criança e encontraram Letícia Tanzi Lucas inconsciente e ferida na sala de casa. Ela chegou a ser socorrida para a Santa Casa do Município, mas não resistiu aos ferimentos.

A garota morava com o irmão e a mãe. De acordo com Boletim de Ocorrência (B.O), Horácio teria ido à casa da ex-esposa para pedir que ela retirasse a denúncia de estupro contra ele. Percebendo que a mulher chamaria a polícia, o homem teria se exaltado, agredido a mulher com socos e tentado enforcá-la. 

A mulher conseguiu fugir para pedir ajuda e, neste intervalo, o agressor trancou o filho mais novo no quarto e assassinou a filha. Conforme o B.O, Horácio havia sido preso em junho deste ano. Maria Tanzi, tia de Letícia, afirmou em depoimento que a menina disse que o pai a estuprava desde o ano passado.
 
Redação O POVO Online