Usuários acusam Twitter de restringir publicações e acesso de perfis ligados à direitaNotícias do Brasil
PUBLICIDADE
Notícias


Usuários acusam Twitter de restringir publicações e acesso de perfis ligados à direita

Usuários acusam a plataforma de praticar "censura". Hashtag #DireitaAmordaçada esteve entre os assuntos mais comentados da rede social, nesta terça-feira, 7

20:51 | 07/08/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Uma nova polêmica está fervilhando no Twitter. Contas ligadas à direita estão reclamando de “censura” da plataforma, que supostamente está restringindo publicações e acessos, nesta terça-feira, 7. Perfis como do candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, e do vereador Fernando Holiday (DEM-SP) se manifestaram sobre o assunto.

A hashtag #DireitaAmordaçada tem sido o assunto mais comentado do Twitter nesta terça-feira. Milhares de mensagens foram publicadas acusando a plataforma de “censurar o direito de expressão” dos usuários. “Isso é a censura do Vale do Silício atacando de novo”, comentou Fernando Holiday.
[VIDEO2]
O vereador é coordenador nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), que recentemente se envolveu em polêmica parecida, mas com o Facebook. Na ocasião, páginas do MBL foram excluídas sob justificativa de “combate às fake news”. À época, grupos ligados às direitas atacaram a rede social.

Agora, a revolta tem se voltado ao Twitter. Jair Bolsonaro compartilhou a hashtag, sendo acompanhado imediatamente por seguidores que vociferavam ajuda mútua entre perfis de mesma ideologia. Perfis chegaram a comentar que a ação do Twitter é um “crime de guerra” e que servirá para “manipular as eleições”.
[VIDEO1]
A plataforma teria enviado notificações a perfis informando sobre “comportamento incomum que viola as Regras do Twitter”. O microblog ainda não se manifestou. Em suas normas, porém, diz quanto aos procedimentos adotados aos seus usuários.
[FOTO2]
"Se eles não seguirem essas políticas, o Twitter poderá realizar uma ou mais das seguintes ações corretivas: Exigir que você (usuário) exclua o conteúdo proibido para que possa voltar a criar novas publicações e interagir com outros usuários do Twitter; limitar temporariamente a criação de publicações ou a interação com outros usuários do Twitter; pedir que você verifique a propriedade da conta com um número de telefone ou endereço de e-mail; ou suspender sua(s) conta(s) permanentemente”, explica.
 [SAIBAMAIS]
A rede social complementa: “Se você tentar escapar à suspensão permanente criando novas contas, elas serão suspensas”.

Em suas regras, o Twitter também estipula “limites de conteúdo” a serem compartilhados. Estão entre eles: violência explícita e conteúdo adulto; uso da plataforma para finalidade ou atividade ilegal; uso indevido de nomes de usuário; e assuntos.

Neste último, a rede explica: “Podemos impedir que determinado conteúdo entre nos assuntos do momento. Isso inclui conteúdo que viola as Regras do Twitter, bem como conteúdo que tente manipular os assuntos do momento”.
TAGS