PUBLICIDADE
Brasil
TRAGÉDIA

Três crianças morrem após tentarem salvar irmã de afogamento

O pai das meninas conseguiu resgatar a caçula, mas as meninas de 9, 10 e 13 anos morreram. A PM não informou se as crianças usavam bóias ou acessórios de segurança durante o banho

15:30 | 06/08/2018
(Foto: Polícia Militar de MT)
Três crianças de 9, 10 e 13 anos morreram no último domingo, 5, no Rio São João, em Nova Bandeirantes, a 980 km de Cuiabá (MT). Conforme a Polícia Militar, as meninas morreram após tentar salvar a irmã mais nova, de 5 anos, que se afogava. O pai das crianças conseguiu resgatar a caçula, mas as três irmãs mais velhas não responderam às tentativas de reanimação. Informações são do portal G1.

O local onde ocorreu o acidente é conhecido como Prainha. Geralmente, moradores da cidade vão ao rio nos finais de semana, em momentos de lazer.  O local do afogamento tem aproximadamente 4 metros de profundidade e é uma espécie de 'poço', o que dificultou o socorro do pai. Algo que também dificultou o resgate foi a não existência de um Corpo de Bombeiros na região, sendo o quartel mais próximo em Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá.

A criança de 5 anos foi levada para o Hospital Municipal e não corre riscos. A Polícia Civil de Nova Bandeirantes deve apurar os afogamentos. Inicialmente, os policiais militares não identificaram sinais de que os pais teriam ingerido álcool. À PM, o pai disse que havia levado as filhas ao rio atendendo a um pedido das crianças. A PM não informou se as crianças usavam bóias ou acessórios de segurança durante o banho. 
 
Redação O POVO Online