Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Confira o resultado da Lotofácil Concurso 1704 desta segunda, 20 de agosto (20/08)

O Concurso 1704 da Lotofácil teve resultado conhecido na noite desta segunda, 20 de agosto (20/08)
19:52 | Ago. 20, 2018
Autor
Foto do autor
Autor
Tipo Notícia

Na noite desta segunda, 20 de agosto (20/08), saiu o resultado da Lotofácil Concurso 1704, em sorteio realizado em São Paulo.

 

Confira os números sorteados:

 

02 - 04 - 06 - 07 - 09
10 - 11 - 12-  13 - 14
16 - 18 - 19 - 20 - 22

 

O prêmio máximo saiu para um ganhador de São Luís, no Maranhão, que levou sozinho R$ 1.894.327,94.

 

380 pessoas acertaram 14 números e levaram, cada uma, R$ 1.533,87. Com 13 acertos, foram 14.794 apostas ganhadoras (R$ 20). Com 12, 192.804 apostas ganhadoras (R$ 8), e 11 acertos, 960.503 apostas ganhadoras (R$ 4). 

 

Para o Concurso 1705 da Lotofácil, o valor estimado do prêmio é de R$ 2 milhões.

 

[FOTO1]

 

No Concurso 1703 da Lotofácil, duas pessoas de São Paulo acertaram os 15 números e levaram, cada uma , R$ 1.148.105,89.

[SAIBAMAIS] 

Confira os números sorteados deste último concurso, o 1703:

01    03    06    08    09
10    12    13    14    15
16    17    18    19    22

Como jogar na Lotofácil

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), para jogar basta marcar entre 15 a 18 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura o prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números. Pode ainda deixar que o sistema escolha os números para você por meio da Surpresinha, ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 9 ou 12 concursos consecutivos através da Teimosinha.

[SAIBAMAIS] 

Apostas da Lotofácil

De acorco com a CEF, a aposta mínima, de 15 números, custa R$ 2,00. Os sorteios são realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 20h.


Recebimento de prêmios da Lotofácil

Ainda segundo a Caixa, você pode receber seu prêmio em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da Caixa. Caso o prêmio líquido seja superior a R$ 1.332,78 (bruto de R$ 1.903,98) o pagamento pode ser realizado somente nas agências da Caixa. Valores iguais ou acima de R$ 10.000,00 são pagos após 2 dias de sua apresentação na agência da Caixa.

 

Redação O POVO Online

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Independência: veículo conduzido por criança ou adolescente deve ser apreendido, recomenda MPCE

Independência
18:44 | Ago. 20, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) recomendou, na manhã desta sexta-feira, 20, que fossem adotadas providências para impedir que crianças e adolescentes conduzam veículos automotores no município de Independência, à 310,5 km de Fortaleza. Orientação é de que a condução perigosa de veículos desse porte por parte de crianças e adolescentes resulte na apreensão do veículo.

Entidade fez a recomendação aos órgãos de segurança, órgãos de trânsito e ao Conselho Tutelar, que devem atuar no cumprimento de medidas. Segundo documento, após a apreensão, o veículo deve ser levado à Delegacia da Polícia Civil de Independência. No equipamento, será instaurado um procedimento de apuração do ato.

Caso a condução não "gere perigo de dano por crianças ou adolescentes", o veículo também será levado a Delegacia de Polícia Civil, com "atribuições para a lavratura do TCO referente ao crime do artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB)". No entanto, o veículo só será liberado a um condutor habilitado.

LEIA MAIS | Ceará tem 62 casos confirmados da variante Delta

"Em relação à proteção integral de crianças e adolescentes, uma vez flagrada a condução por menores de 18 anos de veículos automotores, deve a autoridade adotar todas as providências necessárias para garantir a proteção integral da criança e do adolescente, em especial o encaminhamento aos pais ou responsáveis, solicitando, quando oportuno, o auxílio do Conselho Tutelar", relatou o órgão.

Ainda segundo documento, a intervenção do Conselho Tutelar se torna obrigatória em caso de condução de veículos desse porte por menores de 12 anos de idade. Entre os órgãos de segurança que receberam a recomendação está a Polícia Civil e a Policia Militar. O não cumprimento da recomendação  "implicará na responsabilidade civil, administrativa e criminal".  

"Em hipótese alguma, especialmente no cumprimento do quanto recomendado na recomendação, as autoridades conduzirão ou transportarão qualquer criança ou adolescente em compartimento fechado de veículo policial (porta-malas adaptado), em condições atentatórias à sua dignidade, ou que impliquem risco à sua integridade física ou mental, sob pena de responsabilidade", destacou ainda o órgão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

No Ceará, Lula é recebido por deputados petistas no Aeroporto de Fortaleza

Recepção
18:40 | Ago. 20, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarcou no Aeroporto de Fortaleza na tarde desta sexta-feira, 20. Na ocasião, o petista foi recebido por lideranças petistas no estado, entre elas, o governador Camilo Santana (PT), que usou as redes sociais para divulgar as boas-vindas. 

Entre os nomes do PT no Ceará estavam os deputados federais José Guimarães e José Airon, além dos deputados estaduais Moisés Brás e Guilmerme Sampaio. Já em segundo momento, estiveram na Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) a deputada federal Luiziane Lins e o deputado Elmano de Freitas. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Funchal: Existe espaço para discutir revisão de meta para 2022

ECONOMIA
18:40 | Ago. 20, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
O secretário especial de Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, confirmou nesta sexta-feira, 20, que existe espaço para o governo rever a meta fiscal para 2022, como mostrou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, no final de julho.
"A receita está performando melhor do que o esperado antes. É razoável esperar que o nosso resultado será melhor que o déficit de R$ 170,5 bilhões (atual meta)", disse Funchal durante webinar promovido pelo Jota.
O secretário disse, porém, que cravar um número agora para a nova meta é difícil, pois receitas e despesas ainda estão sendo estimadas.
Hoje mais cedo, o Broadcast mostrou que o governo deve enviar uma proposta de Orçamento para 2022 prevendo um déficit de cerca de R$ 70 bilhões. A estratégia da equipe econômica é enviar primeiro o projeto e depois buscar condições políticas de reduzir a meta fiscal para algo próximo desse valor, o que depende do envio ao Congresso de uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, ainda não sancionada oficialmente.
A equipe econômica defende a mudança da meta para não dar margem a despesas "extrateto", isto é, fora do teto de gastos (regra que limita o crescimento das despesas à variação da inflação). Com a arrecadação extra e uma meta mais larga, poderia haver pressão para usar a válvula de escape sem que isso esbarrasse nas regras estipuladas na LDO.
Hoje, a meta fiscal de 2022 permite um rombo de até R$ 170,5 bilhões, mas a recente melhora na arrecadação resultará em um déficit menor. Essa avaliação, porém, está sendo feita considerando que não haja novos créditos extraordinários para o combate da covid-19 em 2022.
Uma fonte da equipe econômica diz que, se o governo tiver que pagar em 2022 algum resto a pagar (despesa que fica de um ano para o outro) de crédito extraordinário relacionado à pandemia e que foi aberto este ano, será um volume "muito menor" que o verificado na passagem de 2020 para 2021.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Presidente do México agradece elogios de narcotraficante

INTERNACIONAL
18:39 | Ago. 20, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, agradeceu nesta sexta-feira, 20, um veterano traficante, condenado pelo assassinato de um agente americano, por se pronunciar a favor de sua estratégia de segurança.
"Agradeço muito seus bons votos", disse López Obrador em sua entrevista coletiva diária quando questionado sobre as declarações de Miguel Ángel Félix Gallardo, apelidado de "Chefe dos chefes" e considerado o criador do Cartel de Guadalajara, a primeira grande organização do narcotráfico mexicano.
O condenado, preso desde 1989 pelo assassinato de Enrique Camarena, um agente antidrogas americano, disse em uma entrevista que López Obrador está resolvendo a violência que atinge o país latino-americano. "A violência é consequência do desemprego, da desigualdade social, que o sr. López Obrador vai resolvendo aos poucos. É preciso dar tempo a ele", disse Félix em entrevista ao canal Telemundo, na qual insistiu na sua inocência.
Na entrevista, a primeira que concedeu em 32 anos de prisão, Félix Gallardo apareceu com a saúde visivelmente deteriorada, sentado em uma cadeira de rodas, completamente cego de um olho e surdo de um ouvido, e às vezes amparado por um cilindro de oxigênio .
López Obrador acrescentou que a procuradoria-geral da República analisará se Félix pode ser beneficiário de um decreto que seu governo prepara para a libertação de presos torturados ou com mais de 65 anos com doenças crônicas, após diagnóstico do Ministério da Saúde.
O projeto também concederia prisão domiciliar a presidiários a partir dos 75 anos, desde que não sejam condenados por casos graves. "Não quero que ninguém sofra, não quero que ninguém fique preso, sou um humanista, sou formado na escola da não-violência, mas tenho de fazer cumprir as leis", disse López Obrador.
Félix, de 76 anos, está encarcerado em um presídio de segurança máxima no Estado de Jalisco e foi uma figura-chave na expansão do narcotráfico mexicano. Nos anos 80, sua organização, que até o momento se dedicava ao tráfico de maconha e ópio, foi uma das primeiras a estabelecer contatos com traficantes colombianos para transportar cocaína do país sul-americano aos EUA.
O México sofre uma onda de violência ligada ao tráfico de drogas que causou mais de 300 mil assassinatos desde dezembro de 2006, quando o governo federal lançou uma polêmica operação de combate ao crime organizado, segundo dados oficiais. (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Funchal: Projetamos discricionárias de R$ 120 bi; precatórios são quase R$ 90 bi

ECONOMIA
18:35 | Ago. 20, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
O secretário especial de Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, disse nesta sexta-feira, 20, que as despesas discricionárias devem ser previstas em torno de R$ 120 bilhões no Orçamento de 2022. Ele citou o número ao comparar com o tamanho das dívidas judiciais previstas para o ano que vem, calculadas em R$ 89,1 bilhões. O governo propôs uma PEC para parcelar os precatórios, que tem enfrentado resistências.
"No curtíssimo prazo, temos o risco da elaboração do orçamento (2022). Ele está sendo elaborado de acordo com normas constitucionais (em vigor)", ressaltou. Como a PEC do parcelamento não foi aprovada ainda, o governo precisará incluir todos os R$ 89,1 bilhões de precatórios nas despesas de 2022.
"Estamos projetando despesa discricionária de R$ 120 bilhões para ano que vem, os precatórios são quase R$ 90 bilhões", destacou.
Segundo ele, as dívidas judiciais, pelo seu tamanho e necessidade de compatibilizá-la com o teto de gastos, se tornaram um dos grandes desafios da equipe econômica.
O secretário reafirmou também que, com a recuperação econômica e de receitas, o País deve voltar a ter superávit em 2023, mas eventual ruído em relação ao compromisso com o teto poderia atrapalhar essa tendência.
Riscos
Funchal afirmou que o alto volume de precatórios e a inflação maior do que o esperado no segundo semestre têm trazido riscos para o nível de despesas discricionárias em 2022.
A declaração foi dada em resposta a questionamento sobre críticas de terrorismo orçamentário, com menções de que a terceira dose da vacina de covid-19 poderia ser comprometida sem a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios.
"Quando a gente está elaborando o Orçamento, temos as despesas que estão sendo previstas no ano que vem e algumas delas já estão sendo resolvidas. E a questão da vacina era mais nesse sentido."
Funchal explicou que a terceira dose de vacinação já estaria prevista no Orçamento, então não teria como pagar via créditos extraordinários. "Se não tiver imprevisibilidade, entra no Orçamento, e os precatórios estão pegando grande parte do Orçamento."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags