PUBLICIDADE
Brasil
CANGAÇO

Mapa interativo mostra caminhos de Lampião pelos sertões

O POVO Online elenca 84 marcos da vida de Lampião, demarcados no espaço em que ocorreram. Os percursos mostram os momentos de paz e, sobretudo, a extensão da violência que espalhou

16:13 | 26/07/2018
Os itinerários de Lampião demarcam um mapa próprio de violência pelos sertões. Certa feita, chegou a declarar que sonhava ser governador. Gostaria de administrar um novo estado sertanejo, formado com parcelas de Pernambuco, Alagoas, Bahia e Sergipe.

Nunca pisou em capital alguma. O sertão era seu território. Em Pernambuco nasceu, em Alagoas se consolidou cangaceiro, em solo pernambucano sofreu a mais dura perseguição, em Sergipe morreu, na divisa com Alagoas, cuja polícia o matou.

O Ceará é capítulo à parte. A devoção por padre Cícero  e a proteção de políticos e aliados importantes fizeram com que quase sempre tenha preservado o estado de violências. O território cearense foi local onde buscou refúgio em seus primeiros anos de cangaço.

Em quase toda a década de 1920, permaneceu ao norte do São Francisco. A atuação da polícia, sobretudo em Pernambuco, o empurrou em busca de novos territórios e a tentar a mais ousada e desastrosa ação de sua carreira, no ataque a Mossoró, em 1927. Foi o local mais ao norte sobre o qual investiu, ponto fora do padrão no qual atuou, empurrado por série de fatores.

A violência em Mossoró provocou reações até no Ceará, que deixou de ser lugar seguro. Foi então que buscou novos territórios. Cruzou o São Francisco e foi para o sul.A Bahia se tornou o principal palco de suas operações, ao passo em que Sergipe se tornou o lugar onde tinha retaguarda política - até vir a ser morto.

O mapa acima, usando ferramenta de georreferenciamento do Google, elenca 84 momentos da vida do maior dos cangaceiros, situados conforme a localização geográfica. Separado por cores e camadas, o mapa mostra episódios de guerra e paz marcantes na trajetória. E dá a noção da extensão do terror que varreu os sertões.
 
Linha do tempo: