PUBLICIDADE
Notícias

Namoro x celular: especialista dá 10 dicas para o aparelho não atrapalhar a relação

Se sair com mozão neste Dia dos Namorados, melhor deixar o smartphone de lado

13:55 | 12/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Enquanto a tecnologia proporciona encontros e relacionamentos afetivos para uns, para outros ela se torna um catalisador de brigas e separações. Numa relação, a pessoa busca afeto, troca, atenção e carinho. Não que tudo isso seja preciso para completá-la, mas para somar e tornar a relação algo prazeroso e desejado. 

Mas, o que dizer quando você fez uma produção para aquele jantar romântico e, na hora do clímax, o telefone toca e o(a) parceiro(a) não hesita em atender? E quando você deseja fazer uma programação de viagem a dois e percebe que as respostas são todas um “pode, ser amor”, porque o outro não desgruda das redes sociais?

O uso excessivo do smartphone tem causado transtornos nas relações interpessoais afetivas, como afirma psicanalista e hipnoterapeuta Shirley Moraes, que acompanha casais que vivem esse tipo de problema.

Segundo ela, são várias as vertentes para essa discussão, mas como nesta terça-feira (12) é Dia dos Namorados, o CORREIO pediu a ela para dar 10 dicas para os casais que querem comemorar a data por muito tempo, sem deixar o aparelhinho atrapalhar o relacionamento. Confira.

1. Pode não ser tão fácil, e até parecer infantil, estabelecer horários para o uso do celular. Mas, essa prática tem auxiliado muitas pessoas a se organizar, conseguir realizar tarefas e aumentar o foco em algo específico. Então, estabeleça horários para o uso celular.

2. Converse com seu parceiro sobre seus horários de “restrição” ao celular, e combine o que fazer para se comunicarem caso haja uma emergência.

3. Estabeleça um diálogo claro, onde fiquem combinados os momentos em que o uso parcial do celular são permitidos e quando eles não são benéficos. Em princípio, pode parecer estranho ficar sem pegar o celular por algumas horas, mas, como o tempo, vocês se acostumam.

4. Lembre-se de que vocês não têm a obrigação de publicar nas redes sociais tudo que fizerem juntos.

5. Quando for utilizar o celular, torne-o um grande aliado na vida a dois. Nos momentos em que estiver longe, mande mensagens que demonstrem a expectativa para o encontro com o ser amado.

6. Na hora de ir para a cama, lembre-se de que vocês são os atores principais e nada, e nem alguém, pode ter permissão para atrapalhar esse momento.

7. Evite ignorar seu parceiro. Se precisar atender ligações ou responder mensagens, esclareça-o sobre sua necessidade e procure estipular um tempo para isso, retomando, em seguida, a conversa de onde pararam.

8. Você já imaginou quantos “likes” teria a exposição de um casal cujo foco fosse a atenção mútua e colaboração? Experimente viver de maneira que seus “likes” sejam presenciais. Seja você o par romântico deste casal e viva essa experiência na vida real.

9. Evite (pós) ocupar-se da vida alheia! Fique atento às suas conquistas pessoais e profissionais.

10. Faça tudo isso e muito mais por você! Além dos benefícios na vida conjugal, se você estiver se “curtindo” e recebendo as “notificações” das mudanças alcançadas, conquistará a admiração do seu fiel seguidor: você mesmo!
 
Redação
Rede Nordeste 
TAGS