PUBLICIDADE
Brasil
SÃO PAULO

Mulher é morta pelo ex-marido próximo ao hospital onde trabalhava

Talia foi a 23ª vítima de feminicídio na Grande São Paulo em 2018

09:14 | 14/06/2018
(Foto: Divulgação)
 
A auxiliar de limpeza Talia Pimenta de Lima, 26, foi morta pelo ex-companheiro próximo ao Hospital das Clínicas de São Paulo, onde trabalhava. O crime aconteceu nessa quarta-feira, 13, por volta das 12h45min. O homem de 31 anos teria cometido o assassinato por ciúmes.

 O acusado deu diversos golpes de faca na mulher, após uma briga que os dois tinham no meio da rua. Transeuntes viram a discussão e acionaram a Polícia Militar, mas quando os agentes chegaram, o homem já tinha cometido o assassinato. Talia foi socorrida para o HC e não resistiu aos ferimentos. 

De acordo com informações do portal G1, o crime foi registrado como feminicídio no 14º Distrito Policial de São Paulo. Talia deixou dois filhos e foi a 23ª mulher a ser vítima de feminicídio na região da Grande São Paulo neste ano. 
 
Redação O POVO Online