PUBLICIDADE
Notícias

Oscar Maroni realiza festa em comemoração à prisão de Lula

Em foto que circulou pelas redes sociais, Oscar Maroni aparece vestido de presidiário e exibindo o corpo nu de uma mulher. Fotos do juiz Sergio Moro e da ministra Cármen Lúcia aparecem em uma espécie de "altar"

19:50 | 08/04/2018
NULL
NULL
[FOTO1]A prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesse sábado, 7, foi comemorada em uma boate em São Paulo. Em foto que viralizou na internet, o proprietário do estabelecimento, Oscar Maroni, está vestido de presidiário e segura uma mulher desnuda. O dono da boate Bahamas Hotel Club já havia feito comentários polêmicos e havia prometido, em 2016, uma festa com cerveja grátis para todos caso Lula fosse preso.

Em uma espécie de “altar”, as imagens do juiz Sergio Moro e da ministra Cármen Lúcia aparecem como figuras responsáveis pela realização da justiça. As genitálias de uma prostituta são expostas nesse mesmo cenário, aplaudido por cerca de 300 pessoas, quase todas homens.
[SAIBAMAIS] 
Em 2011, Maroni foi condenado em primeira instância a uma pena de onze anos e oito meses de prisão por favorecimento à prostituição e manutenção de local destinado a tais encontros. Em 2013, no entanto, o proprietário foi inocentado, entendendo o Tribunal de Justiça que a boate de Maroni não se caracterizava como boate de prostituição, apesar de prostitutas a frequentarem.

Segundo Maroni, foram disponibilizados cervejas para um open bar que começou com a detenção de Lula e durou até à meia-noite. Um DJ de música eletrônica e uma escola de samba completaram a diversão na noite. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS