PUBLICIDADE
Notícias

Professora é denunciada ao Ministério Público por "gritar demais" com alunos

Estudantes de escola em Sorocaba (SP) reclamam de brigas sem motivo e castigos coletivos. Diretoria Regional de Ensino afirma que já se reuniu com docente.

16:33 | 14/03/2018
NULL
NULL
Professora da Escola Estadual Baltazar Fernandes, localizada na Zona Leste de Sorocaba (SP), foi denunciada ao Ministério Público por constrangimento ilegal e racismo. As informações são do portal G1.
 
[FOTO1] 
Segundo uma mãe, que não quis ser identificada, cinco alunos da turma deixaram de frequentar as aulas e foram encaminhados ao psicólogo.

Pais ouvidos pela reportagem dizem que a reclamação dos alunos é de que a professora "grita demais", sem motivo aparente; não tem paciência com os estudantes e aplica castigos coletivos na turma.

"Até achei que era um pouco de manha, mas me surpreendi quando cheguei na escola e tinham mais sete pais com o mesmo problema", disse a mãe. "As crianças chegam na porta da escola e não querem entrar".
 
Medidas 
A Diretoria Regional de Ensino (DRE) de Sorocaba informou que já se reuniu com a professora e elaborou um termo de orientação para ser aplicado durante as aulas. "Além disso, ficou decidido que a coordenação da Escola acompanhará as atividades da professora e os pais que quiserem poderão assistir as aulas", afirma a DRE, afirmando que, antes das ocorrências mencionadas, não havia registro de problemas com a docente. 

O Ministério Público instaurou o processo e deve ouvir a professora e a Diretoria Regional de Ensino. Os pais procuraram a advogada Beatriz Farrer para dar andamento ao caso. "Registramos um boletim de ocorrência e entramos com uma representação no MP para que a posição da professora seja averiguada", afirma Beatriz.
 
Redação O POVO Online

TAGS