PUBLICIDADE
Notícias

Marielle já se dispôs a ajudar família de policial assassinado, diz advogado

17:17 | 16/03/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Em reação a comentários ríspidos sobre a vereadora do Psol, Marielle Franco, assassinada nesta-quarta-feira, 14, o advogado e membro da comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ), Rodrigo Mondego, publicou uma conversa que teve com a vereadora. No diálogo, ela atende o pedido de ajuda à família de um policial assassinado, em 2014. 
[SAIBAMAIS] 
Revoltado, ele afirma que algumas pessoas festejavam a morte de Marielle. “Diversos vermes fascistas estão comemorando e/ou debochando da morte da companheira Marielle Franco. Assim como falam de todos nós militantes dos Direitos Humanos, estão falando que ela mereceu morrer porque ela era "defensora de bandido", explicou em publicação no Facebook. 
 
O advogado afirma que a vereadora deu assistência aos familiares.  “Ela não só prontamente atendeu o pedido, como pediu para eu dar até o telefone pessoal dela para a família ligar o quanto antes. Na CDH (Comissão de Direitos Humanos), ela deu encaminhamento e orientação jurídica e psicológica para a família do agente morto. A comissão que ela coordenou foi o único órgão do Estado que atendeu aquela e diversas outras famílias de policiais mortos”, disse. 
 
Veja publicação:  [VIDEO1]
 
 
 
 
 
 
Redação O POVO Online  
TAGS