PUBLICIDADE
Notícias

Confira os maiores apagões da história do Brasil

Em 2009, maior apagão do século, 18 estados ficaram sem energia e até o Paraguai foi afetado

15:22 | 22/03/2018
NULL
NULL
[FOTO1]O blecaute de grandes proporções desta quarta-feira, 21, que fez 14 estados do Norte e Nordeste ficaram sem fornecimento de energia perto das 16 horas até a noite, causou transtornos em todo o País. Uma falha em um disjuntor na subestação de Xingu, no Pará, fez com que 25% da carga total do Sistema Interligado Nacional fosse desligada, de acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico. No Ceará, por exemplo, a falta de luz chegou a durar cerca de cinco horas.
[SAIBAMAIS]
O apagão de ontem, maior em abragência em nove anos, é mais um de uma série de episódios que já afetaram a rotina dos brasileiros. Em 2009, 18 estados ficaram sem energia e até o Paraguai foi afetado. O primeiro grande apagão do Brasil ocorreu em setembro de 1985, há 32 anos.
 
O POVO Online separou os maiores blecautes da história do País:
 
1985

Em 17 de setembro de 1985, oito estados e o Distrito Federal passaram por um dos primeiros e maiores apagões brasileiros. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio Grande do Sul e parte do Espírito Santo tiveram o fornecimento comprometido devido a uma sobrecarga de energia elétrica em São Roque, interior de São Paulo.

A Capital paulista foi uma das mais afetadas na época. O blecaute durou cerca de três horas. Com os transtornos no trânsito, duas pessoas foram atropeladas e morreram. 

1999

Cerca 60% do território nacional sofreu com a queda de energia em março de 1999. O problema teve início após um raio atingir uma subestação da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) em Bauru, no interior de São Paulo. As regiões  Sul, Sudeste e Centro-Oeste, parte do norte e do Paraguai (que recebe energia gerada em Itaipu) foram afetados. 

A crise do apagão no começo dos anos 2000

Entre 2000 e 2002, o Brasil enfrentou uma série de problemas no abastecimento de energia elétrica. O Governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) teve de elaborar um plano de racionamento para gerenciar a crise. Foi estabelecida uma meta de economia de 20% no consumo energético e consumidores que não atingissem este valor veriam sua conta de luz mais cara. O racionamento acabou em 2002.
 
2009

60 milhões de pessoas de 18 estados passaram pelo maior apagão do século, em novembro de 2009. Uma tempestade de raios provocou curto-circuito nas linhas de transmissão do sistema da Eletrobras Furnas, que vêm da Usina Hidrelétrica de Itaipu. São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul ficaram totalmente no escuro e outras 14 unidades da Federação enfretaram blecaute parcial. 90% do território do Paraguai também foi afetado.

2011

Uma falha na subestação Luiz Gonzaga, localizada no município de Jatobá, divisa do Pernambuco com a Bahia, resultou em 90% do Nordeste sem luz da noite do dia 3 de fevereiro até a madruga do dia 4. Apenas o Maranhão ficou de fora. À época, 47,7 milhões de pessoas foram afetadas. 

2013

Último apagão de grande abrangência que atingiu o Nordeste antes do registrado ontem, 21, aconteceu após uma queimada realizada em uma fazenda na cidade de Canto do Buriti, interior do Piauí em agosto de 2013. Desta vez, os nove estados nordestinos sofreram blecaute e tiveram uma perda de 10.900 megawats de energia.
 
Redação O POVO Online 

TAGS