PUBLICIDADE
Notícias

Bandidos fazem clientes de banco reféns, trocam tiros com um policial e são presos após 3 horas

Duas pessoas morreram, uma cliente do banco e um dos bandidos; quatro homens foram presos e sete armas apreendidas

22:34 | 02/03/2018
NULL
NULL
[FOTO2]Uma tentativa de assalto a uma agência do Banco Santander, em Madureira, no Rio de Janeiro, terminou com duas pessoas mortas e quatro assaltantes presos após os clientes ficarem como reféns por três horas. Segundo a Polícia Militar (PM), uma das vítimas seria um policial reformado cliente do banco e a outra um dos assaltantes.
 
[VIDEO1] 
 
O assalto foi inciciado por volta das 16 horas, quando os criminosos teriam invadido o local e foram surpreendidos com a reação do subtenente reformado da PM, Ubirajara Pereira dos Santos, que entrava no banco e atirou contra os criminosos. Os assaltantes revidaram e feriram o PM, que morreu. Outras duas pessoas se feriram e foram levadas a um hospital da região.
 
[FOTO1] 
 
Uma hora depois do ínicio do assalto, às 17 horas, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) isolaram a rua onde fica a agência e iniciaram a negociação com os criminosos que tinham os clientes como reféns.

[SAIBAMAIS]A família de um dos assaltantes esteve no local e ajudou na rendição dos criminosos. Durantes as negociações, os bandidos liberaram seis reféns antes de se renderem.

Durante a ação, o tráfego aéreo da região ficou restrito, uma aeronave da Polícia dava apoio. A operação terminou por volta das 19 horas com quatro homens presos e os reféns libertados. Sete armas foram apreendidas pela PM.
 
 
Redação O POVO Online 
TAGS