PUBLICIDADE
Notícias

Mãe de Cabral diz que filho não é bandido perigoso para ser algemado nas mãos e nos pés

Ela critica forma como o filho foi transferido do Rio para Curitiba

11:13 | 22/01/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Na última sexta-feira, 19, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba com as mãos algemadas e os pés acorrentados. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, foram utilizadas algemas e correntes para proteger o ex-governador, pois o IML é de acesso público e poderia haver algum tipo de desentendimento entre Cabral e pessoas que estivessem próximas a ele. 

De acordo com o jornal O Globo, a mãe de Cabral, Magaly Cabral, criticou a forma como o filho foi transferido do Rio para Curitiba pela Polícia Federal. Ela alegou que o ex-governador não era bandido perigoso para sair algemado nas mãos e nos pés. 

O presidente da OAB no Rio se sensibilizou com o desabafo de Magaly, e disse que quando ela fala que o filho não deve ser tratado como bicho, relembra que o estado não deveria ser agente de vingança ou ódio. 
 
 
Redação O POVO Online 
TAGS