PUBLICIDADE
Brasil
polêmica

Funk com apologia ao estupro causa revolta e mulheres criam música em resposta

"Taca bebida, depois taca pica e abandona na rua" é um dos trechos do funk de MC Diguinho

13:03 | 17/01/2018

MC Diguinho na gravação do clipe de "Só surubinha de leve" (Foto: Reprodução/ Twitter)
 

De MC Diguinho, “Só surubinha de leve” já coleciona mais de 14 milhões de visualizações no Youtube e está no topo da lista de hits de plataformas de streaming. A música está sendo descrita como o “sucesso do Carnaval” por algumas pessoas. Entretanto, a letra do funk tem causado polêmica nas redes sociais depois de alguns usuários apontarem apologia ao estupro.


“Taca bebida, depois taca pica e abandona na rua” é o trecho mais questionado. A situação relatada na música parece ser a de um homem que alcooliza uma mulher, em seguida tem relações sexuais com ela e depois a deixa no meio da rua. A agressividade na letra tem gerado pedidos para que o Spotify retire a música de sua plataforma.

 

Em um vídeo de “resposta” a música do MC, duas mulheres cantam o funk e logo depois encaixam uma letra sobre respeito a mulher. “Abusar a mulher é crime, estupro é violência, tira as mãos de cima dela e coloca na consciência”, diz a paródia das garotas. O vídeo já tem 110 mil visualizações no Twitter.


O clipe de "Só surubinha de leve" vai ser lançado nesta quarta-feira, 17.