PUBLICIDADE
Brasil
crime

Flanelinha é morto por PM após jogar água no para-brisa do seu carro

O cabo se apresentou na Divisão de Homicídios (DH) e os delegados concluíram que ele poderá responder pelo crime em liberdade

13:37 | 12/01/2018

O flanelinha Romário de Oliveira Resende foi assassinado pelo cabo da Polícia Militar, Leandro Augusto Graciano, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O crime aconteceu depois de uma discussão pelo fato de o homem ter jogado água no para-brisa do carro do PM. A informação é do G1.

Segundo a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de Manguinho, o policial passava pela Rua Madre Teresa, perto do Hospital Rocha Faria, no começo da noite dessa quinta-feira, 11, quando o flanelinha quis limpar o para-brisa do veículo do militar. Embora o PM tenha pedido que ele parasse, Romário insistiu. Neste momento, o agente de segurança pública saiu do veículo e disparou contra o chão. Diante da atitude do PM, Romário pegou uma pedra. Escutou um segundo tiro, mas dessa vez contra ele. Morreu na hora.

O cabo se apresentou na Divisão de Homicídios (DH) e os delegados concluíram que ele poderá responder pelo crime em liberdade. Na ocasião, outras duas pessoas terminaram feridas por estilhaços de vidro e foram levadas para o Hospital Rocha Faria.

Redação O POVO Online