PUBLICIDADE
Notícias

Morre, aos 71 anos, a escritora e ilustradora Ângela Lago

A artista passou mal na noite desse sábado, 21, chegou a ser socorrida pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), mas não resistiu

13:17 | 22/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Morreu na madrugada deste domingo, 22, às 4h20min, a escritora e ilustradora Ângela Lago, de 71 anos, vítima de embolia pulmonar. De acordo com informações de Du Leal, arquiteta e amiga próxima de Ângela, a escritora passou mal na noite desse sábado, 21, chegou a ser socorrida pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), mas não resistiu. Angela Lago vivia atualmente em um sítio em Jaboticatubas.

Segundo Du, Ângela estava morando no bairro Lourdes na casa da irmã Cláudia Martins até que se recuperasse de uma queda que sofreu há um mês na casa em que morava na Serra do Cipó.

O velório já começou e seguirá até 17 horas no Cerimonial Santa Casa, no bairro Santa Efigênia.

 

Trajetória

Ângela Maria Cardoso Lago nasceu em Belo Horizonte em 1945 e foi uma das autoras mais importantes da literatura infantil no Brasil. A artista recebeu diversos prêmios por seus livros escritos e ilustrados. São dela, por exemplo, livros como “O bicho folharal” (Editora Rocco, Rio de Janeiro, 2005), “João felizardo, o rei dos negócios” (Cosac-Naif, São Paulo, 2006) e “Um livro de horas”, (Editora Scipione, São Paulo, 2008)

Redação O POVO Online

TAGS