PUBLICIDADE
Notícias

Bens do apresentador Marcelo Rezende só serão repartidos em 2020

O apresentador teve cinco filhos de cinco mulheres diferentes. Todos têm direito de ter parte dos bens deixados

11:32 | 05/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

A divisão dos bens deixados pelo jornalista e apresentador Marcelo Rezende só acontecerá em 2020. A decisão foi do magistrado responsável pela ação de partilha. A razão para o adiamento de três anos é a de que só no ano definido todos os filhos serão maiores de idade. As informações são do colunista do Uol, Ricardo Feltrin.

No caso, uma das herdeiras é Valentina, que hoje tem 15 anos. Apenas em 2020 ela poderá se manifestar pessoalmente. Como outros filhos de Rezende receberam muito mais bens que Valentina, o entendimento da Justiça é o de que fazer análise profunda do que ficou, antes de uma sentença definitiva. Para isso, é necessária a harmonia de todos os herdeiros.

O apresentador teve cinco filhos de cinco mulheres diferentes. Todos têm direito de ter parte dos bens deixados por Rezende.

Além disso, a coluna diz que ainda há Luciana Lacerda, sua última companheira, que pode reivindicar ou para si ou para sua filha, tratada por Rezende como uma filha, sua parte. Os filhos do apresentador concederam entrevista ao jornalista Roberto Cabrini afirmando reconhecerem o que Luciana fez pelo pai, o que é desmentido por Luciana. Ela afirmou que foi maltrada pela família dele. De acordo com a ex-companheira de Rezende, a família trocou as fechaduras da porta para que ele não entrasse.

Desde então, ela vem recebendo acolhimento na casa do apresentador Geraldo Luís, um dos melhores amigos de Rezende. 

Rezende morreu aos 65 anos, de câncer, no último dia 16.

 

Redação O POVO Online   

TAGS