PUBLICIDADE
Brasil
Palmas

Celular explode debaixo de travesseiro enquanto carregava e jovem sofre queimaduras

Frederico, que é estudante de medicina, disse que o celular não queimou o rosto dele justamente porque foi protegido pelo travesseiro

17:20 | 03/09/2017

A imagem mostra celular, bateria e o cabo de carga queimados. Além disso, o colchão ficou com um buraco no local onde a bateria pegou fogo
A imagem mostra como ficou o aparelho e o colchão depois da explosão (Foto: Reprodução)

Um celular explodiu enquanto estava embaixo do travesseiro de um jovem de 22 anos, na madrugada deste sábado, 2. Frederico Luiz Quixabeira Camargo explica que o celular estava carregando quando tudo aconteceu em sua casa na cidade de Palmas, no Tocantins.

A imagem mostra Frederico Camargo, que ficou com queimaduras de segundo grau no ombro e braço após o acidente. Na foto ele mostra o braço enfaixado e com os curativos já feitos
Frederico Camargo ficou com queimaduras de segundo grau no ombro e braço após o acidente (Foto: Reprodução)

Frederico, que é estudante de Medicina, disse que o celular não queimou o rosto dele justamente porque foi protegido pelo travesseiro. No entanto, braço e ombro sofreram queimaduras de segundo grau. Ele também disse em um post na sua página do Facebook que o celular foi "comprado numa loja da Samsung".

Frederico disse ao G1 que acordou com o barulho e o clarão, assustado e pensando que se tratava de um pesadelo. "Meus irmãos acharam que tivesse sido um tiro. Começou a pegar fogo no meu colchão e o celular ficou destruído tanto que a bateria afundou para dentro do colchão", disse.

 

Após o acidente, ele foi levado para um hospital particular. Frederico disse que dorme com o celular por precisar da função “despertador” do aparelho e adicionou que "esse aparelho não foi feito para ficar explodindo assim".

Redação O POVO Online