PUBLICIDADE
Notícias

43% de entrevistados se dizem favoráveis a uma intervenção militar temporária no País

O apoio à intervenção militar é maior entre jovens de 16 a 24 anos

19:20 | 28/09/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Uma pesquisa online realizada pela Paraná Pesquisas revelou que 43% das 2.540 pessoas entrevistas apoiam uma intervenção militar temporária no Brasil. Já 51% são contrários e outros 5,3% não quiseram ou não sabiam opinar. As informaçõs são do site da Exame.

O instituto mostrou recortes da pesquisa: 43% dos homens seriam favoráveis a uma intervenção; já 52,6% contra. Entre as mulheres, 41% são a favor e 52% contra.

O apoio a intervenção militar é maior entre jovens de 16 a 24 anos. Nessa faixa, índices favoráveis foram de 46%. Entre idosos, apenas 37% dos entrevistados apoiariam uma intervenção, contra 56% que não apoiam.

A defesa também diminui ao passo que aumenta a escolaridade. Entre os que concluiram o ensino fundamental, 44% são favoráveis a uma intervenção. Para os que têm ensino superior completo, o percentual cai para 38,9%.

Os resultados têm margem de erro estimada em 2%. A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 28 de setembro.

O general da ativa Hamilton Mourão, secretário de economia e finanças da Força, afirmou, no último dia 15, ser favorável a uma intervenção militar em caso de o "Judiciário não solucionar o problema político"

Redação O POVO Online

TAGS