PUBLICIDADE
Notícias

Participante do MasterChef, Leonardo Santos desabafa sobre racismo na web

Na internet, o paulista compartilhou uma imagem na qual aparece ao lado de outros negros que já passaram pelo reality e disse ter recebido um comentário ofensivo na foto

14:29 | 03/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Leonardo Santos, participante da quarta temporada do "MasterChef", foi alvo de comentários racistas nas redes sociais e respondeu com um grande desabafo no último domingo, 2.

Na internet, o paulista compartilhou uma imagem na qual aparece ao lado de outros negros que já passaram pelo reality e disse ter recebido um comentário ofensivo na foto. Em seguida, Leonardo relatou outros momentos em que foi alvo de preconceito e afirmou que eles o ajudaram a vencer na vida.

 

Leia mais: 

>> MasterChef: divididos em trios, cozinheiros encaram mais um desafio

>> Aderlize erra no sabor da torta de frutas e deixa MasterChef reclamando de injustiça

>> Após eliminação no Masterchef, Aderlize discute com Michele no Twitter

 

 

 "Se doeu? Não, nem um pouco", escreveu. "Durante toda a minha vida eu fui perseguido nos corredores dos supermercados. Tive minhas notas de dinheiro reviradas e conferidas pelo caixa do supermercado 40 mil vezes. Fui desprezado pelo vendedor por achar que eu não poderia comprar algo, e várias outras situações que qualquer outro cidadão negro já passou", relatou.

"Isso tudo contribuiu pra postura que eu adoto hoje. Tudo isso que vocês chamam de arrogância, prepotência ou qualquer outro rótulo que não cabe em um participante branco, se chama autoconfiança, autoafirmação, foco. São coisas que pessoas como nós precisam ter muito, pra poder sobreviver porque não recebem isso de outras pessoas".

O competidor, por fim, relembrou de ocasiões do "MasterChef" em que negros e brancos foram julgados de forma discrepantes pelo público. "Não usar xingamentos explícitos, ou falar sobre cor da pele não te faz uma pessoa livre de preconceito. Suas atitudes sim, são capazes de falar sobre você", completou.

[VIDEO1]

Redação O POVO Online

TAGS