PUBLICIDADE
Notícias

Jovem estrábica atira em mulher, mas mata cliente por engano em bar, diz delegado

O crime ocorreu durante uma briga em um bar em Goiânia

15:23 | 19/05/2017

Leonice Moreira de Sousa, 23, foi presa no último dia 28 de março, acusada de matar, por engano, José Paixão do Santos, 59. O crime ocorreu durante uma briga em um bar em Goiânia, no último 11 de março, conforme o portal G1.

 

Ao portal, o delegado Danillo Proto explicou que a suspeita queria, na verdade, matar uma mulher por ciúmes do ex-namorado, mas, como tem limitações na visão, errou o alvo.

 

“Ela tem estrabismo e baixa visão. Então, ela tentou matar uma mulher no bar por questões de ciúme, mas acertou um cliente que não tinha qualquer ligação com a história”, explica o delegado.

 

O irmão de Leonice, Maico Douglas, 26, também foi preso no último dia 12, por envolvimento no crime.


ENTENDA

Durante estadia no bar, a acusada, que estava acompanhada do irmão, discutiu com outra mulher e foi agredida. Após a discussão, Leonice saiu do local com Maico. Eles voltaram instantes depois armados e atirando contra a mulher, que não foi atingida.

 

A acusada nega o crime e diz que o autor foi o irmão, que por sua vez, assume a autoria. Ambos vão responder por homicídio qualificado.

 

 

 

 

Redação O POVO Online

TAGS