PUBLICIDADE
Notícias

Ex-goleiro Bruno irá pedir um novo exame de DNA para atestar paternidade de filho com Eliza

Segundo o advogado do ex-jogador, ele já tem propostas de voltar a jogar em nove clubes brasileiros

12:03 | 03/03/2017
O ex-goleiro Bruno Fernandes está no Rio de Janeiro desde a manhã desta sexta-feira, 3, com a mulher dele, a dentista Ingrid Oliveira. Segundo o advogado, Lúcio Adolfo, ele pretende fazer um exame de DNA para comprovar se Bruninho é realmente seu filho. Em 2012 a Justiça atribuiu a paternidade da criança a Bruno, o menino é filho do jogador com a ex-namorada Eliza Samudio.

Bruno chegou no Rio de Janeiro e foi direto para a casa da sua atual mulher que reside no bairro Bandeirantes, Zona Oeste. O advogado responsável pelo caso afirmou também que o ex-goleiro já tem propostas de trabalho em nove clubes brasileiros, sendo três do Rio de Janeiro, dois de São Paulo, um de Brasília e três de Minas Gerais. Adolfo afirmou ainda que dois desses times disputam a série A do Campeonato Brasileiro.

Preso desde agosto de 2010, ele foi beneficiado com um habeas corpus concedido pelo ministro do STF, Marco Aurélio Mello. Nessa quinta-feira, 2, ele compareceu ao Fórum de Santa Luzia, em Belo Horizonte, para comunicar um endereço na capital mineira, conforme exigido pelo Supremo Tribunal Federal, STF, após conceder a liberdade ao ex-jogador. Entretanto, o endereço de Bruno poderá mudar caso ele assine contrato com algum dos nove clubes que lhe fizeram propostas.

Entenda o caso
A mãe do menino Bruninho e ex-namorada de Bruno, Eliza Samudio, desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi encontrado. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade da criança. O ex-goleiro foi condenado a 17 anos e seis meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado e a outros três anos e três meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado, ainda mais um ano e seis meses por ocultação de cadáver.
 
Redação O POVO Online 
TAGS