PUBLICIDADE
Notícias

Primeiro medicamento a base de Cannabis é registrado pela Anvisa

O Metavyl já é usado em outros 28 países, como Canadá, Estados Unidos e em países da Europa

12:34 | 16/01/2017
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou nesta segunda-feira,16, o primeiro medicamento feito a base de Cannabis Sativa, a planta da maconha, do Brasil. A informação foi publicada no Diário Oficial da União. O rémedio tarja preta, Mevatyl spray, será fabricado pela GW Pharma Limited, empresa britânica e distribuido no Brasil pela Beaufour Ipsen Farmacêutica Ltda.

O Metavyl já é usado em outros 28 países, como Canadá e países da Europa, com o nome de Sativex, e é indicado para o tratamento sintomático de espasmos moderados a graves causados pela Esclerose Múltipla. Ele foi testado em mais de mil pacientes antes de se liberado. 

Pelos critérios da Anvisa, o medicamento só pode ter até 30 miligramas do derivado de maconha por mililitro, conforme a norma criada em novembro de 2016. Os produtos com concentrações maiores que 30 miligramas continuam proibidos no país. Estima-se que o medicamento deverá estar a venda em até dois meses. 

O Metavyl só será vendido com prescrição médica e o paciente deverá assinar um termo de consentimento. A liberação no Brasil foi determinada após pedidos realizados por familiares e pacientes que sofrem com graves crises de convulsão. Entretanto, o medicamento não é indicado para uso infantil.
 
Agência Brasil 
TAGS