PUBLICIDADE
Notícias

Gay pede ajuda após ser assaltado e é agredido

O motorista desceu do carro e espancou a vítima até desmaiar

20:00 | 16/01/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Atualizada às 17h51min do dia 17/1

Um jovem foi assaltado por um grupo e, ao pedir ajuda, foi espancado por um homem no Centro de São Paulo, neste domingo, 15. O gerente de uma boate LGBT saiu do trabalho por voltas das 5 horas para comprar comida, quando foi cercado por quatro assaltantes que roubaram seu celular.

Ele correu atrás dos assaltantes e conseguiu imobilizar um. Ao pedir ajuda, um homem desceu do carro e começou a agredir o jovem. "Pedi socorro. Ele desceu do carro e me deu dois socos no nariz. Desmaiei e não me lembro de mais nada", conta o gerente em entrevista ao G1.

Uma testemunha saía de uma festa e presenciou a agressão. "O homem dizia ‘ah, vocês estão fazendo barulho aqui! Vão para outro lugar!’. Foi muito rápido e intenso", contou.

O caso foi registrado como roubo e lesão corporal. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), um exame de corpo de delito foi solicitado e o caso vai ser encaminhado para o 4º Distrito Policial para ser investigado.

Redação O POVO Online
TAGS