PUBLICIDADE
Notícias

"Hipster da Federal" é afastado do cargo após exposição

Decisão foi tomada após o agente da PF ganhar fama na prisão de Eduardo Cunha. Profissionais da instituição deverão usar "toucas de ninja" durante as próximas operações policiais

11:15 | 25/10/2016
Homem de cabelo comprido, barba e bigode na praia
Homem de cabelo comprido, barba e bigode na praia

[FOTO1]

O sucesso repentino de policial Lucas Valença, o “Hipster da Federal” que participou da prisão de Eduardo Cunha, não foi bem recepcionado pela Polícia Federal. O agente será afastado da corporação após ganhar visibilidade na internet pelos atributos físicos. Luís Boudens, presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, disse ao jornal O Globo que o agente foi licenciado e teve de tirar férias.

A instituição também decidiu que os profissionais deverão usar balaclava – toucas ninjas – durante as próximas operações policiais.

Na manhã desta segunda-feira, 24, Valença participou do “Encontro” e comentou sobre o aumento vertiginoso de seguidores em suas redes sociais, desde que conduziu a prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha, na última quarta-feira, 19.

[VIDEO1] 

Em entrevista ao Ego, Lucas afirmou que se soubesse da repercussão, tentaria não aparecer. “Fui escalado na hora e aconteceu, foi coincidência. Esse não era o objetivo, estava só fazendo o meu trabalho. Fiquei muito surpreso, não estava fazendo nada para que isso acontecesse”, afirmou.

Redação O POVO Online

TAGS