PUBLICIDADE
Notícias

Conar abre processo contra propaganda da Sadia por ser ofensiva

Segundo o órgão, várias pessoas que se chamam Luís Augusto se sentiram ofendidas pelo conteúdo por serem associadas a algo de baixa qualidade e indesejado

21:45 | 01/08/2016
NULL
NULL

O Conselho Nacional de Autorregu- lamentação Publicitária (Conar) abriu processo contra a propaganda da empresa Sadia por ser desrespeitosa e estimular o bullying. Conforme as informações do órgão, várias pessoas se sentiram incomodadas com o conteúdo por associarem o nome “Luís Augusto” a produtos indesejados e de baixa qualidade. O julgamento está previsto para o mês de setembro.

A propaganda veiculada no dia 15 de julho mostra um presunto, chamado ‘Luis Augusto’, que nunca foi desejo de consumo por nenhum cliente. No vídeo, o atendente afirma que, por conta da qualidade inferior à da Sadia, o produto estava disponível “há um tempão’’ e “virou Luís Augusto”.

[SAIBAMAIS2]
Na publicação da propaganda na página oficial da empresa no Facebook, inúmeros internautas criticaram, alegando ser um conteúdo ofensivo às pessoas. “Tenho um irmão com o nome de Luís Augusto e me revolta sentir na pele dele as piadas de caráter depreciativo que passou a sofrer após essa infeliz propaganda. Lamentável Sadia’’, desabafou. Outro pediu para que a empresa reconheça o ‘erro’. “Sadia se liga!Tira essa propaganda do ar! Não tem graça nenhuma!!Cada vez que ela entra eu mudo de canal”, publicou.


[VIDEO1]

A empresa respondeu que há apenas um “Luís Augusto” que é rejeitado, no caso o presunto da campanha. “O nome é só uma escolha criativa para acompanhar o bom humor da Sadia em suas campanhas. O único Luís Augusto que nos referimos é o Presunto, os outros são tops”, esclareceu para um internauta chamado Luís Augusto.

Entretanto, em meio às críticas, há pessoas que acham que toda a reclamação faz parte de uma geração de “mimimi”, como denominam. “Parabéns a Sadia pela propaganda. Tem uma patrulha de politicamente correto, querendo encher o saco e acabar com a criatividade das pessoas”, comentou um internauta.

Por meio de nota, a empresa disse que trata-se de uma mera coincidência e que a estratégia adotada objetiva ressaltar a qualidade do produto. “Como obra de ficção, as semelhanças e a escolha do nome Luís Augusto para a campanha são mera coincidência, à exemplo do que já observamos na teledramaturgia. Líder na categoria de presunto no País, o principal objetivo da ação é ressaltar a alta qualidade do produto da marca’’, esclareceu.

Redação O POVO Online

TAGS