PUBLICIDADE
Notícias

Questionário para crianças é alvo de alerta sobre exposição nas redes sociais

A nova "modinha" está causando polêmica sobre a segurança dos menores

15:20 | 06/07/2016
NULL
NULL

Listas com perguntas respondidas por crianças são divulgadas por pais em perfis no Facebook e têm causado debates sobre excesso de exposição nas redes sociais. A nova “modinha” está causando polêmica sobre a segurança dos pequenos. Especialistas alertam que as informações divulgadas podem ser usadas por pessoas mal-intencionadas.

Para alguns pais, as perguntas são apenas uma forma de interagir com seus filhos. Porém, para o promotor de Justiça da Infância e Juventude de Criciúma, Mauro Canto da Silva, é preciso ter cautela ao divulgar informações sobre os filhos na internet. O promotor divulgou em seu Facebook uma alerta: “Há pessoas que podem utilizar dados de ordem pessoal para se aproximar da criança e simular ter afinidade com ela. Já vão saber seu programa favorito e sua cor predileta, por exemplo”. O promotor afirma que “a rede social é um ambiente vulnerável, mesmo que tenhamos filtros de privacidade. Não temos total controle do alcance de um post".

Para evitar exposição em redes sociais e continuar a interagir com seus filhos por meio de brincadeiras de perguntas e respostas, uma alternativa ao questionário circula no Facebook,  é o livro "100 perguntas que vão dar o que falar".

O material reúne perguntas que os pais podem fazer aos filhos em três épocas diferentes do seu desenvolvimento. O livro foi produzido pelo movimento Todos Pela Educação e pode ser baixado em PDF. Entre as vantagens está o fato de não ser preciso expor as informações em redes sociais e a de que para cada pergunta ter um comentário de educadores sobre a fase do desenvolvimento da criança.

 

TAGS