PUBLICIDADE
Notícias

Anonymous ameaça senadores que favoráveis ao limite de dados na internet

A votação do projeto de lei foi adiada para a próxima reunião da Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) participasse da discussão acerca da imposição de limites de dados

15:20 | 12/07/2016
NULL
NULL

Os senadores a favor do projeto de lei que limita os dados na internet fixa poderão ser alvos de ataques do grupo Anonymos. A votação aconteceria nesta terça-feira, 12, mas foi adiada para que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) pudesse também participar da discussão. Os hackers, por sua vez, já anunciaram ser contra ao projeto de lei e publicaram no Facebook uma lista com todos os senadores e seus respectivos contatos.

“Já sabem, né? Quem votar contra vai ter #exposed, internet 3G cancelada e 30 caçambas de entulho na porta da garagem no dia seguinte!”, ameaçou o grupo. Na publicação, o termo utilizado “exposed” aponta que informações sigilosas poderão ser vazadas. O autor do Projeto de Lei 174/2016, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), propôs uma modificação no Marco Civil da internet com o intuito de abolir o limite de dados nas redes fixas impostas pelas operadoras.

Entretanto, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) solicitou que a CAE pudesse ter participação na decisão. Segundo ele, é de extrema importância a perspectiva de outros senadores responsáveis pela economia na CAE. O projeto, portanto, passará a ser pauta na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado na sua próxima reunião.

 

[VIDEO1]

 

 

Redação O POVO Online

TAGS