PUBLICIDADE
Notícias

Menino de 12 anos morre após ser baleado por guarda civil em São Paulo

Guarda envolvido na morte do adolescente foi preso em flagrante por homicídio culposo (sem intenção)

22:43 | 26/06/2016

Um menino de 12 anos foi morto por um guarda civil metropolitano na noite deste sábado, 25, na zona leste de São Paulo. A Polícia disse que o garoto e outros dois homens estavam realizando assaltos na região de Cidade Tiradentes.

A Guarda começou uma perseguição e efetuou vários disparos, atingindo o garoto, que estava no banco de trás de um Chevette cinza utilizado pelos suspeitos. A morte ocorreu na rua Regresso Feliz, por volta das 22h30min, e os homens conseguiram fugir.

O corpo do menino foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e, conforme a Polícia Civil de São Paulo, as testemunhas foram ouvidas.

A Secretaria da Segurança Pública informou que um inquérito policial foi aberto e que o GCM envolvido na morte do adolescente foi preso em flagrante por homicídio culposo (sem intenção).

A Prefeitura de São Paulo disse, em nota, que "ordenou apuração rigorosa do ocorrido e afastamento dos agentes da Guarda Civil Metropolitana envolvidos, até que se esclareçam os fatos".

No último dia 2 de junho, um menino de dez anos foi morto a tiros por policiais militares durante uma perseguição na zona sul de São Paulo. Ele e mais um garoto de 11 anos haviam furtado um carro em um condomínio e foram perseguidos.

Redação O POVO Online
TAGS