PUBLICIDADE
Notícias

Hacker que extorquiu Marcela Temer é preso em São Paulo

Criminoso exigiu R$ 15 mil para não divulgar informações pessoais da mulher do vice-presidente Michel Temer

09:36 | 12/05/2016
NULL
NULL
Um hacker que teria invadido arquivos de celular da esposa do vice-presidente Michel Temer foi preso na última quarta-feira, 11, em uma operação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo. Silvonei José de Jesus Souza é acusado de extorquir R$ 15 mil de Marcela Temer, conforme informações do jornal O Estado de S. Paulo.

O inquérito foi aberto após o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, saber do crime. Ele designou policiais de confiança para a apuração do crime, e a investigação foi assumida pelo delegado Rodolpho Chiarelli.

[SAIBAMAIS 3] Apesar de correr sob sigilo, o jornal aponta que Marcela abriu um e-mail com vírus e dados de e-mail, fotos e mensagens foram capturadas. Para não divulgar as informações da mulher do vice-presidente, o criminoso recebeu um primeiro pagamento. Depois, ele não cumpriu o acordo e exigiu mais dinheiro.

Silvonei, 35 anos, foi identificado após um mês de investigações, mas não foram divulgadas informações sobre outros envolvidos no caso. Ele foi detido após mandado de busca e apreensão em sua casa.

Redação O POVO Online
TAGS