PUBLICIDADE
Notícias

Usuários reclamam das mudanças dos planos de banda larga fixa de Internet

Os novos planos consistem em cortar ou reduzir a velocidade caso o cliente ultrapasse a franquia estabelecida no contrato

18:06 | 12/04/2016
Mudanças de contratos da Internet no Brasil geraram insatisfação dos usuários, resultando um abaixo-assinado online com mais de 245 mil assinaturas. A proposta da ação é enviar os documentos e os nomes dos clientes para as empresas, ao Ministério Público Federal e à Agência Nacional de Telecomunicações. Segundo os usuários, a alteração dos contratos é de caráter injusta e irregular.  
 
Além disso, outras formas de insatisfação estão sendo demonstradas pelos usuários. Uma página, chamada Movimento Internet Sem Limites, alcançou mais de 200 mil seguidores.  De acordo com a página, as alteração só atendem os interesses das operadoras e encarece o serviço.
 

Diante dessas críticas, as operadoras esclarecem que as limitações no serviço de banda larga de Internet já estão presentes em muitos contratos vigentes. Outra questão apontada pelas empresas é que a mudança regulariza o uso da rede de uma forma mais igualitária, impedindo a interferência da utilização de um usuário na Internet de outros clientes de uma mesma operadora.
 
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) afirmou que o poder de interferência nas alterações de planos é mínimo já que as empresas têm a liberdade para modificar seus planos. Além disso, as mudanças devem obedecer as regras de telecomunicações estabelecidas pela agência. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS