PUBLICIDADE
Notícias

"Foi um momento muito infeliz", afirma diretor sobre comentário de Benedito Ruy Barbosa

Luiz Fernando Carvalho declarou que a opinião do colega de trabalho não corresponde ao seu pensamento nem ao de sua equipe

14:22 | 10/03/2016
NULL
NULL

Luiz Fernando Carvalho, diretor artístico da nova novela das 21 horas da Rede Globo - "Velho Chico" - lamentou e se opôs ao comentário homofóbico proferido pelo autor da trama, Benedito Ruy Barbosa. As informações são do O Globo.

O autor fez a declaração polêmica durante uma coletiva de imprensa de lançamento de "Velho Chico". “Odeio história de bicha. Pode existir, pode aceitar, mas não pode transformar isso em aula para as crianças. Tenho dez netos, quatro bisnetos e tenho puta orgulho porque são tudo macho para cacete”, disse Benedito na ocasião, conforme publicou o jornal carioca Extra.

Luiz Fernando, por sua vez, ressaltou que a opinião do colega de trabalho não corresponde ao seu pensamento nem ao de sua equipe, incluindo demais autores e elenco.
[SAIBAMAIS 4]
"Foi um momento muito infeliz. Repudio firmemente toda forma de preconceito. A novela fala de amor, inclusão e lutas por direitos de igualdade e justiça. Sinceramente, não posso entender como um escritor tão sensível possa ter chegado a este ponto", rechaçou o diretor artístico.

A opinião radical de Luiz Fernando gerou uma onda de críticas nas redes sociais. O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), por exemplo, escreveu um longo texto em seu Facebook sobre o ocorrido.

Ele classificou as palavras ditas por Benedito como "homofóbicas e deselegantes" que podem, segundo ele, ser interpretadas como um "embate" entre "a velha ordem social, com seus preconceitos, hierarquias e opressões" e "a nova ordem social que nasce da ampliação dos conhecimentos humanos e do repertório cultural". O político ainda lamenta que homossexuais tenham ainda que ouvir tais "insultos e ofensas".

Prestes a estrear, no próximo dia 14, a trama traz em seu elenco atores como Antonio Fagundes, Rodrigo Santoro e Camila Pitanga.

Veja a postagem de Jean Wyllys:

[VIDEO1]

 

Redação O POVO Online
TAGS